DIREITO, ANTROPOLOGIA E JUSTIÇA EM PERSPECTIVA

Autores

  • Juliana Gonçalves Melo

Palavras-chave:

Antropologia Jurídica, Ensino do Direito, Sociologia Jurídica, Sistema Carcerário.

Resumo

O trabalho busca, por meio de uma compreensão do atual sistema de ensino do Direito, visualizando sua trajetória histórica, bem como a conjuntura contemporânea de fatores sociais, econômicos e jurídicos dos cursos de graduação, sem deixar de tomar em consideração os objetivos de seus discentes e sua caracterização, definir como tem se dado o ensino do Direito e suas consequências, fazendo uso da pesquisa bibliográfica específica e da experiência vivenciada pela autora junto à docência na Universidade Federal do Rio Grande do Norte e no Centro Universitário de Brasília, de forma que concebeu-se, por fim, deficiências capazes de minimizar, inviabilizar e impactar negativamente o papel e a postura sociais que os profissionais de Direito deveriam desempenhar em decorrência de suas funções, de valor social reconhecidamente acentuado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

10-12-2014

Como Citar

MELO, J. G. DIREITO, ANTROPOLOGIA E JUSTIÇA EM PERSPECTIVA. Revista Transgressões, [S. l.], v. 2, n. 2, p. 90–107, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/transgressoes/article/view/6445. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos