URBANIZAÇÃO, FAVELA E VIOLÊNCIA: A TEORIA DA ESCOLA SOCIOLÓGICA DE CHICAGO SOB A ÓTICA SOCIAL BRASILEIRA

Autores

  • Jessica Basilio

Resumo

Para compreender a Escola Sociológica de Chicago, desenvolvida na primeira década do século XX, é preciso fazer uma análise do contexto social, econômico e cultural no qual essa corrente está inserida. Dessa forma poderá ser possível a compreensão das premissas básicas dessa linha de raciocínio sociológico, tal qual a conexão feita por ela entre fenômeno delituoso e marginalidade social. Para abordar as circunstâncias responsáveis pelo desenvolvimento da Ecologia Criminal, será utilizada, como exemplo, a realidade brasileira no período já destacado – apesar de, à época, não ter existido a difusão jurídica desse pensamento na então Monarquia Brasileira, tendo em vista a aplicabilidade dogmática do Direito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

09-02-2015

Como Citar

BASILIO, J. URBANIZAÇÃO, FAVELA E VIOLÊNCIA: A TEORIA DA ESCOLA SOCIOLÓGICA DE CHICAGO SOB A ÓTICA SOCIAL BRASILEIRA. Revista Transgressões, [S. l.], v. 2, n. 1, p. 33–49, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/transgressoes/article/view/6649. Acesso em: 29 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos