OBSTÁCULOS PARA A INTERVENÇÃO DA UNIVERSIDADE NO SISTEMA PRISIONAL: DEBATES A PARTIR DA PRÁXIS EXTENSIONISTA

Autores

  • Maíra Mendonça Gomes

Resumo

O artigo trata sucintamente da intervenção universitária no sistema
prisional por meio da atuação extensionista realizada diretamente nos
presídios. Parte das experiências vivenciadas pela autora durante sua
passagem por um amplo programa de extensão popular na UFRN. A
pesquisa expõe graves problemas do sistema penitenciário e algumas
dificuldades encontradas por este grupo de extensão para que pudesse
visitar estabelecimentos prisionais e pôr em prática a política militante
paulofreireana. Aborda algumas obras criminológicas a fim de
respaldar a problemática exposta e aproximar os estudos acadêmicos
criminológicos de problemas encontrados na prática de grupos
militantes. Tem como paradigma grupos de extensão contrahegemônicos,
assim como aquele vivenciado pela autora e citado
continuamente ao longo do texto. Propõem soluções políticas à
questão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

28-01-2015

Como Citar

GOMES, M. M. OBSTÁCULOS PARA A INTERVENÇÃO DA UNIVERSIDADE NO SISTEMA PRISIONAL: DEBATES A PARTIR DA PRÁXIS EXTENSIONISTA. Revista Transgressões, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 155–169, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/transgressoes/article/view/6602. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos