O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao Editor".
  • Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF (desde que não ultrapassem 2MB)
  • URLs para as referências foram informadas quando necessário.
  • O texto está com espaçamento entre linhas de 1,5; usa uma fonte Times New Roman  12; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento, como anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na seção Sobre a Revista.
  • A identificação de autoria do trabalho foi removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, garantindo desta forma o critério de sigilo da revista, caso submetido para avaliação por pares (ex.: artigos), conforme instruções disponíveis em Assegurando a Avaliação Cega por Pares.
  • Para as propostas de dossiês serem aceitas, pelo menos um dos organizadores deve estar vinculado ao Departamento de Antropologia da UFRN.
  • A submissão de artigos de fluxo contínuo ou dossiês temáticos deve ser realizadas pelos autores através do portal da Vivência.
  • Cabe aos editores do periódico encaminhar os artigos para os pareceristas, receber seus pareceres e comunicar o resultado da avaliação para os autores dos artigos.
  • Os artigos referentes aos números de fluxo contínuo serão publicados de acordo com a data de submissão. Para cada número da Revista Vivência, publicaremos no mínimo seis e no máximo dez artigos de fluxo contínuo.

Diretrizes para Autores

PROCEDIMENTOS PARA SUBMISSÃO DE ORIGINAIS

Todas as contribuições devem ser enviadas em formato .doc ou .docx através do sítio eletrônico da Revista na plataforma <https://periodicos.ufrn.br/vivencia/>.

Para submissão, o autor deverá primeiramente se cadastrar no sítio eletrônico da revista. Poderão ser utilizados os tutoriais para cadastro e submissão no OJS, disponíveis nos links: Tutorial para cadastro no OJS e Tutorial para o(a) Autor(a). O autor ou o coautor, deverá se cadastrar através da criação de um Usuário com login e senha, preenchendo todo o formulário com suas informações acadêmicas e pessoais. (Link direto no endereço: <https://periodicos.ufrn.br/vivencia/login>).

No caso do reenvio do manuscrito revisado, quando de Revisões Requeridas, o autor principal deverá reenviar o trabalho revisado no Menu Avaliação, setor Decisão Editorial, no quesito Versão do Autor (Escolher Arquivo > Transferir), no perfil original da submissão. Não se deve submeter o manuscrito revisado como se fosse um novo trabalho.

ESTRUTURA DOS ARTIGOS

Os artigos devem ter entre 15 a 30 páginas;
• Utilizar, no texto, o sistema AUTOR (data); AUTOR (data, número de página);
• Os títulos não são numerados; utilizar, no máximo, duas hierarquias;

• Os titulos de cada artigo devem ser curtos e objetivos para atender as normas da CAPES.

Notas podem ser incluídas ao final do texto, antes das referências. Recomenda-se restringir sua utilização e não utilizar nota muito longa;

• Todas as citações devem aparecer “entre aspas”, inclusive as “destacadas do texto”;

• No caso de inclusão de figuras, gráficos, fotografias, estes deverão ser fornecidos em “Formato Final”, em preto e branco , obrigatoriamente com título e fonte.

Os artigos devem ser organizados na seguinte ordem:
- Título;
- Título em Inglês;
- Autor;
- E-mail;
- Identificação do autor, incluindo filiação acadêmica, titulação/ instituição, outra informação de interesse (máximo três linhas);
- Resumo; apresentar ao leitor os objetivos, metodologia, resultados e conclusões do artigo, de tal forma que possa dispensar a consulta ao original. Deve ser constituído de uma sequência de frases concisas e objetivas, não ultrapassando 250 palavras.
- 3 a 5 palavras-chave separadas por ponto;
- Abstract; apresentar ao leitor os objetivos, metodologia, resultados e conclusões do artigo, de tal forma que possa dispensar a consulta ao original. Deve ser constituído de uma sequência de frases concisas e objetivas, não ultrapassando 250 palavras.
- 3 a 5 keywords separadas por ponto;
-Texto;
- Notas;
- Referências.
Formatação do artigo:
- Todas as margens com 3 cm;

- Espaçamento entre linhas 1,5;

- Fonte Times New Roman, tamanho 12;

- Título: Times New Roman,  tamanho 16, MAIÚSCULA negrito;

- 1º Subtítulo: Times New Roman, 14 MAIÚSCULA, negrito;

- 2º Subtítulo: Times New Roman, 12 MAIÚSCULA, negrito;

- Citações destacadas do texto, “entre aspas”: Times New Roman, 11 com recuo de 2 cm.

EXEMPLOS DE REFERÊNCIAS:

Livro

Autor (SOBRENOME, Prenome (s) ). Titulo: subtítulo (se houver). Número de edição
(caso seja a 1ª não precisa indicar). Imprenta (Local: editora, data de publicação).
BLAY, Eva Alterman. Eu não tenho onde morar: vilas operárias na cidade de São Paulo.
São Paulo: Nobel, 1985.
Dois autores
RIBEIRO, Luiz C. de Queiroz; PECHMAN, Robert M. O que é questão da moradia. São
Paulo: Nova Cultura; Brasiliense, 1985.
Três autores
CERTEAU, Michel; GIARD, Luce; MAYOL, Pierre. A invenção do cotidiano. 2. ed.
Petrópolis: Vozes, 1996.
Mais de três
Citar todos os autores, não utilize et al.
Parte de autor diferente do todo
MIRANDA, Orlando. O trabalho e a corrosão da consciência coletiva: um estudo de
caso em bairro de Natal. In: VALENÇA, Márcio Moraes; GOMES, Rita de Cássia da
Conceição (Org.). Globalização e desigualdade. Natal: A. S. Editores, 2002.

Artigos em Periódico

SOBRENOME, Prenome (s) do autor do artigo referenciado. Título do artigo: subtítulo
(se houver). Título da Revista. Volume, número, intervalo de páginas, mês, ano da
publicação. (Nota especial indicando tipo do fascículo (se houver).
CAVIGNAC, Julie Antoinett. Festas e penitências no sertão. Vivência. v. 13, n. 1, p. 33-
45. jan./jun., 1999. (Dossiê: Festa).

Dissertação, teses, monografias etc.

Autor (SOBRENOME, Prenome (s) ). Titulo: subtítulo (se houver). Dissertação (tese ou
monografia). (Nome do Programa) Departamento, Universidade, local, ano.
SILVA, Ângelo Magalhães. Os objetos imobiliários e a produção do espaço na zona sul
de Natal/RN. Dissertação. (Mestrado em Ciências Sociais) Departamento de Ciências
Sociais, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2003.

Documentos resgatados pela Internet (online)

Autor (SOBRENOME, Prenome (s) ou ENTIDADE). Título: subtítulo (se houver). Local:
editora, ano (se houver). Disponível em: endereço eletrônico. Acesso em: dd mm.
aaaa.
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Documento de Política Nacional de Habitação.
Disponível em: http://www.finatec.com.br/projetos/politicahabitacional.html. Acesso em: 05 set. 2002.

Revistas e Jornais

TÍTULO DA REVISTA. Ano, número, periodicidade. Notas especiais.
PREÁ. 2003, n. 3. Trimestral.

SOBRENOME, Prenome (s) do autor do artigo referenciado. Título do artigo. Título do
jornal, local, dia, mês de publicação, ano. Título do caderno.
FREIRE, Flávio Henrique Miranda de Araújo. Envelhecimento populacional no RN.
Diário de Natal, Natal, 29, novembro, 2003. Da Vinci.

  • Recomendações: A revista adota as seguintes normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas:

    1. artigo de periódico NBR 6022/18;
    2. resumo NBR 6028/03;
    3. referências NBR 6023/18;
    4. citações NBR 10520/02.

RESENHAS

  • Resenhas bibliográficas (até 1.600 palavras): pequenas resenhas de livros recentes com até 4 anos se publicados no exterior e até 2 anos se publicados no Brasil. Serão aceitos originais em português, espanhol e inglês.
  • As resenhas não devem receber um título.
  • As resenhas devem apresentar a referência completa das obras analisadas, especificando: autor(es), título e subtítulo (se houver), local (cidade), editora, ano de publicação e número de páginas.
  • A pertinência para publicação será avaliada pela Comissão Editorial (no que diz respeito a adequação ao perfil e linha editorial da revista) e por pareceristas ad hoc (no que diz respeito ao conteúdo e qualidade das contribuições).
  • A resenhas recebidas serão avaliadas por no mínimo um(a) parecerista da área. O resultado poderá ser “Publicação” ou “Rejeição”. No caso de parecer favorável, o(a) parecerista poderá sugerir pequenas alterações a serem incorporadas à versão final do texto.
  • Os trabalhos devem estar digitados em página A4, Fonte Times New Roman, tamanho 12 para corpo do texto, tamanho 16 para referência completa da obra, Espaçamento entre linhas 1,5 cm, Todas as margens com 3 cm e e, formato Microsoft Word (.doc ou .docx).

 

ENSAIOS VISUAIS

  • Serão aceitos ensaios visuais inéditos que dialoguem com a linha editorial da Vivência: revista de antropologia. Deve conter título e uma apresentação entre 400 e 1000 palavras (incluindo notas e referências bibliográficas).
  • Imagens: serão aceitas de 8 até 16 imagens digitalizadas por Ensaio, com legendas (são opcionais), em formato .jpeg com 300 dpis (pixels/polegadas) e no máximo 5MB.
  • Vídeo: os filmes (em alta definição) deverão ser hospedados na internet, com link privado, junto com a apresentação em texto.
  • O ensaio será encaminhado a dois pareceristas especialistas no tema, sem que saibam quem é o (a) autor/a (es/as) do ensaio e o (a) outro (a) parecerista. Caso não seja aprovado por ambos, o ensaio será encaminhado a novo (a) parecerista. Se aprovado, será publicado. Se reprovado, será recusado. O (a) autor/a (es/as) do ensaio receberá uma cópia de todos os pareceres que o ensaio recebeu (sem a identificação de autoria).

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista seráo usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicaçáo, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.