A PSIQUIATRIZAÇÃO DO SEXO NÃO NORMATIVO: BDSM E A 5ª REVISÃO DO MANUAL DIAGNÓSTICO E ESTATÍSTICO DE DOENÇAS MENTAIS THE PSYCHIATRIZATION OF NONNORMATIVE SEX: BDSM AND THE 5TH REVISION OF THE DIAGNOSTIC AND STATISTICAL MANUAL OF MENTAL DISORDERS

Autores

  • Vera Lucia Marques da Silva ENSP/Fiocruz

DOI:

https://doi.org/10.21680/2238-6009.2016v1n48ID11754

Palavras-chave:

BDSM. DSM. Erotismo

Resumo

Este artigo tem por objetivo refl etir sobre como certas práticas realizadas pelo grupo BDSM são apresentadas na 5ª Revisão do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais. BDSM é um acrônimo que deve ser considerado em pares, uma vez que cada par se refere a práticas que se implicam, ou seja, BD signifi ca Bondage e Disciplina; DS, Dominação e Submissão; e SM, Sadomasoquismo. Neste sentido, considera-se útil perscrutar também certos elementos do processo histórico que ensejou a organiza- ção das práticas sexuais, a partir das categorias “normal” e “patológico”, e a consequente estigmatização de determinados grupos sociais, entre eles, o próprio BDSM.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

05-04-2017

Como Citar

MARQUES DA SILVA, V. L. A PSIQUIATRIZAÇÃO DO SEXO NÃO NORMATIVO: BDSM E A 5ª REVISÃO DO MANUAL DIAGNÓSTICO E ESTATÍSTICO DE DOENÇAS MENTAIS THE PSYCHIATRIZATION OF NONNORMATIVE SEX: BDSM AND THE 5TH REVISION OF THE DIAGNOSTIC AND STATISTICAL MANUAL OF MENTAL DISORDERS. Vivência: Revista de Antropologia, [S. l.], v. 1, n. 48, p. 25–37, 2017. DOI: 10.21680/2238-6009.2016v1n48ID11754. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/vivencia/article/view/11754. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Dossiê/Dossier