ANTROPOLOGIA EDUCACIONAL: A CONSOLIDAÇÃO DE UMA SUBÁREA EPISTEMOLÓGICA

  • Rodrigo Regert Universidade Alto Vale do Rio do Peixe
  • Adélcio Machado dos Santos Universidade Alto Vale do Rio do Peixe
Palavras-chave: Antropologia. Educação. Cultura.

Resumo

O objeto da Antropologia engloba as maneiras físicas primitivas e atuais relacionadas ao homem e as suas manifestações culturais. Atribui-se a essa área epistêmica a faina de proceder às generalizações, estabelecendo princípios explicativos do desenvolvimento e da formação das sociedades e culturas humanas. A Antropologia Cultural constitui a subárea mais ampla, visto que abrange o estudo do humano em sua ontologia, ou seja, gerador de cultura. Igualmente, analisa as culturas humanas no tempo e no espaço, suas origens e desenvolvimento, suas semelhanças e discrepâncias. Tem enfoque de interesse voltado para o conhecimento do comportamento cultural humano, obtido por aprendizado, considerando-o em todas as suas dimensões. Tal como para a Antropologia e para a Educação, a diversidade humana representa grande riqueza de problema heurístico a demandar pesquisa. Ademais disso, a abordagem antropológica da educação opera com missão relevante: analisa a construção do conhecimento contextualizado socialmente. Em epítome, a Antropologia Educacional se configura jovem, contudo auspiciosa subárea epistemológica. Por isso o objetivo do presente artigo é analisar a contribuição que a Antropologia pode oferecer a Educação. O mesmo trata-se de uma pesquisa descritiva com base bibliográfica. Conclui-se que a Antropologia é plural e está sempre aberta ao diferente, não permitindo que o seu saber se consolide de forma precipitada. A Antropologia da Educação viabiliza uma análise adequada da complexidade, da interculturalidade e das novas tecnologias que são as grandes incógnitas do saber pedagógico.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Regert, Universidade Alto Vale do Rio do Peixe
Mestre em Desenvolvimento e Sociedade pela Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP) Caçador - SC (2017), Máster en Ciencias de la Educación pela Universidad Tecnológica Intercontinental (UTIC) Assunção - PA (2008), Especialização em Gestão Escolar e Metodologia do Ensino Interdisciplinar pela Faculdade Dom Bosco de Ubiratã - PR (2009), Especialização em Gestão e Docência na Educação Básica pela Universidade de Santa Cecília - SP (2012), Especialização em Gestão e Docência na Educação a Distância pela Universidade de Santa Cecília - SP (2012), Especialização em Educação Especial e Inclusiva pela Universidade de Santa Cecília - SP (2012), Especialização em Supervisão Escolar pela Universidade de Santa Cecília - SP (2012), Especialização em Psicopedagogia pela Universidade de Santa Cecília - SP (2013), Especialização em Administração de Empresas pela Universidade de Santa Cecília - SP (2014), Especialização em Formação Pedagógica para a Docência no Ensino Superior, pela Universidade Alto Vale do Rio do Peixe - SC (andamento 2016). Possui Licenciatura Plena em Filosofia pela Universidade de Caxias do Sul - RS (2002), com habilitação em Filosofia, Sociologia e Psicologia, Licenciatura em História pelo Instituto Superior de Educação Elvira Dayreli - MG (2014), Licenciatura em Pedagogia pela Faculdade Alfa América - SP (2017), Tecnólogo em Processos Gerenciais pelo Centro de Tecnologia Educacional Martins - MG (andamento 2016). Participa do Grupo de Pesquisa: Ética, Cidadania e Sustentabilidade (GPECS) da UNIARP (CNPq). Atualmente é professor de Ensino Superior (diversos cursos) da UNIARP e Coordenador da curso de Licenciatura em Pedagogia da UNIARP Campus Fraiburgo. Professor de Filosofia e Sociologia efetivo no Ensino Médio na Rede Estadual de Educação do Estado de Santa Catarina. É avaliador da Revista Professare (ISSN: 2238-9172) da UNIARP e da Revista Visão: Gestão Organizacional (ISSN: 2238-9636) da UNIARP. Tem experiência na área de Filosofia, Sociologia, Antropologia, Educação, Psicologia e Administração.
Adélcio Machado dos Santos, Universidade Alto Vale do Rio do Peixe
Doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento (UFSC). Pós-Doutor em Gestão do Conhecimento (UFSC). Mestre em Relações Internacionais. Especialista em Psicologia Organizacional e do Trabalho; Psicopedagogia Institucional; Gestão Educacional; Supervisão, Orientação e Administração Escolar; Direito Civil; Direito e Negócios Internacionais; e Ecumenismo e Diálogo Inter-religioso. Bacharel em Administração, Ciência Política, Direito, Filosofia, Jornalismo e Turismo. Licenciado em História, Filosofia, Sociologia, Letras e Pedagogia. Tecnólogo em Gestão Financeira, Produção Publicitária, Comunicação Institucional e Gestão Ambiental. Técnico em Transações Imobiliárias. Laborou nos Programas de Pós-Graduação "Stricto Sensu" em Desenvolvimento e Sociedade e em Educação (Uniarp); Administração (Unoesc); e Sistemas Produtivos (Uniplac). Assessorou a Assembleia Estadual Constituinte (SC);Comissão de Educação,Cultura e Esporte (ALESC/SC); e Secretaria de Estado da Educação (SC). Comendador pelo Tribunal de Justiça (SC). Exerce magistério, pesquisa,extensão e militância em Administração, Ciência Política; Cinema e Audiovisual; Comunicação Institucional, Artes Visuais, Jornalismo, Direito, Educação, Eventos, Gestão Ambiental, Lazer, Literatura, Design,Oratória,Criminologia,Editoração,Ciência da Informação,Serviço Social; Planejamento Urbano e Regional; Saúde Coletiva, Estudos Culturais, Cibercultura,Linguística, Demografia, Ciência Cognitiva,Radiodifusão, Musicologia,Antropologia, Hotelaria, Ciência da Religião, Filosofia, Interdisciplinaridade, Sociologia; Mediação, Conciliação e Arbitragem; História,Teologia; Estudos Estratégicos; Publicidade e Propaganda; Comunicologia, Relações Internacionais, Ergonomia,Semiótica, Arqueologia, Gestão da Segurança Privada, Teatro e Turismo. Ex-membro dos Conselhos Estaduais de Educação,de Cultura,de Turismo e de Esporte (SC). Ativismo na Unisul,Univali,Uniarp,Unoesc, Unifeb,Unidavi, Unibave,Estácio de Sá, IES, Celer, Energia e Assesc. Ex-gestor de universidades, das Associações Caçadorense (ACIJO) e Catarinense de Imprensa (ACI). Advogado (OAB/SC nº 4912),com militância em Constitucionalismo,Direito Eleitoral e Processo Legislativo. Administrador (CRA/SC nº 21651),devotado à Gestão de Pessoas e Ergonomia. Gestor Ambiental (ANPPAS nº 2017100-1-001), com "expertise" em Demografia e Educação Ambiental. Jornalista (MT/SC nº 4155/JP),mobilizado em Teatro,Cinema e Televisão.Turismólogo (ABBTUR/SC nº 15583),especializado em Lazer e Hotelaria. Corretor de Imóveis (CRECI/SC nº 15070),com "expertise" em Planejamento Urbano e Regional. Comunicador Institucional (Abrapcorp nº 1807),militando em Eventos e Gestão da Responsabilidade Social. Publicitário (MT/SC nº 380),dedicado à Cibercultura e Semiótica. Comunicólogo (Intercom nº 5681),perito em Editoração, Radialismo e Ciência da Informação. Internacionalista (ABRI nº 10000692),especializado em Estudos Estratégicos e Geopolítica.Historiador (IHGSC nº 956),com ativismo em Antropologia e Arqueologia. Musicólogo (ANPPOM nº 16301724),voltado para Musicologia Histórica e Estudos Culturais.Filósofo (ACF), versado em Filosofia da Educação,do Direito e Ética.Gestor Financeiro (CRA/SC nº 21.651),com"know how" em Segurança Privada e Educação Financeira. Literato (ACLA nº 007),voltado à Interdisciplinaridade e à Crítica. Linguista (ALAB nº 4048),laborando em Oratória e Redação Oficial.Cientista Político (ABCP nº 1203),pesquisando Teoria Geral do Estado,Economia Política e Criminologia.Gestor de Saúde (ABRASCO nº 14583), engajado em Política e Planejamento de Saúde; e Vigilância Sanitária. Pedagogo (ANPED nº 3003),especialista em Psicopedagogia,Gestão Educacional e Ciência Cognitiva. Teólogo (SOTER),com"expertise" em Ciência da Religião e Ensino Religioso.Acadêmico de Serviço Social, conhecendo Gestão de Políticas Públicas e Saúde Coletiva.Em Sociologia,pesquisa Sociologia do Direito, da Educação e do Desenvolvimento;e, em Artes Visuais,Pintura e Design.Deu a lume 26 livros.
Publicado
31-05-2019
Como Citar
REGERT, R.; SANTOS, A. M. DOS. ANTROPOLOGIA EDUCACIONAL: A CONSOLIDAÇÃO DE UMA SUBÁREA EPISTEMOLÓGICA. Vivência: Revista de Antropologia, v. 1, n. 52, 31 maio 2019.
Seção
Artigos/Articles