PENSANDO COM AS FLORESTAS: UMA EXPOSIÇÃO DE QUESTÕES DO ANTROPOMORFISMO À LUZ DAS PALAVRAS DO XAMÃ DAVI KOPENAWA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2238-6009.2019v1n54ID21756

Resumo

Este artigo tem o objetivo de fazer uma reflexão junto às palavras do xamã yanomami Davi Kopenawa, contidas na obra A queda do céu. O texto em questão foi construído mediante o trabalho conjunto do antropólogo francês Bruce Albert e o xamã yanomami Davi Kopenawa. Esta pesquisa busca cooperar na exposição das consequências que esse trabalho “a quatro mãos” vem causando à teoria antropológica, principalmente aquela ligada ao xamanismo. A frase de Davi Kopenawa “a floresta é inteligente, ela tem um pensamento” será o centro de irradiação deste artigo, e se buscará friccioná-la com diferentes textos antropológicos contemporâneos, para que caminhos e desvios surjam e para que as faíscas desses encontros sejam expostas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

16-07-2020

Como Citar

VAZ, P. P. V. . PENSANDO COM AS FLORESTAS: UMA EXPOSIÇÃO DE QUESTÕES DO ANTROPOMORFISMO À LUZ DAS PALAVRAS DO XAMÃ DAVI KOPENAWA. Vivência: Revista de Antropologia, [S. l.], v. 1, n. 54, 2020. DOI: 10.21680/2238-6009.2019v1n54ID21756. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/vivencia/article/view/21756. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Dossiê/Dossier