NOTAS ETNOGRÁFICAS DE DUAS PESQUISADORAS-TORCEDORAS: PRÁTICAS DO TORCER E CONSUMIR FUTEBOL DAS MULHERES DO SPORT CLUB DO RECIFE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2238-6009.2023v1n62ID33670

Resumo

O presente artigo tem como objetivo refletir sobre as relações de consumo e participação da mulher no futebol a partir de marcadores performáticos em ambientes como de um estádio em dia de jogo, em uma perspectiva de gênero. Para isso, realizamos a observação participante das partidas decorrentes da punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) ao Sport Club do Recife, motivada pela violenta invasão de campo no Campeonato Brasileiro de 2022, na qual, durante três jogos, só foi permitida a entrada da torcida composta por mulheres, crianças e PCDs. O recorte teórico-metodológico se deu abarcado pelas epistemologias e antropologia feministas, sendo realizado enquanto método de coleta uma observação participante, diário de campo, entrevistas semiestruturadas e registros fotográficos. A análise foi dividida em quatro fases de participação das mulheres no estádio, fomentadas por importantes marcadores performáticos de suas identidades de torcedoras e da oferta de consumo propiciada pelo clube. Como resultados, encontramos padrões das práticas torcedoras hegemônicas, bem como rupturas no comportamento e consumo clubístico. Como conclusões, entendemos que jogos como esses podem contribuir para uma virada na participação das mulheres nas arquibancadas, não só no perfil da torcida, como também na forma como clubes e entidades esportivas enxergam as torcedoras.

Palavras-chave: Torcedoras; Sport Club do Recife; Antropologia Feminista; Consumo; Performance.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Soraya Maria Bernardino Barreto Januário, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, Pernambuco, Brasil

 

 

Downloads

Publicado

15-12-2023

Como Citar

JANUÁRIO, S. M. B. B.; MELO, P. S. de C. NOTAS ETNOGRÁFICAS DE DUAS PESQUISADORAS-TORCEDORAS: PRÁTICAS DO TORCER E CONSUMIR FUTEBOL DAS MULHERES DO SPORT CLUB DO RECIFE. Vivência: Revista de Antropologia, [S. l.], v. 1, n. 62, 2023. DOI: 10.21680/2238-6009.2023v1n62ID33670. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/vivencia/article/view/33670. Acesso em: 22 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê/Dossier