Efeitos do CPC 47 no gerenciamento de resultados das empresas listadas na B3

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2176-9036.2023v15n1ID27956

Palavras-chave:

CPC 47. Qualidade da Informação Contábil. Gerenciamento de Resultados.

Resumo

Objetivo: O objetivo do estudo foi analisar os efeitos da adoção do Pronunciamento Técnico CPC 47 no nível do gerenciamento de resultados das empresas listadas no mercado brasileiro de capitais.

Metodologia: A amostra do estudo é composta por 207empresas brasileiras listadas na B3 no período de 2012 a 2021, totalizando 2070 observações. Trata-se de uma pesquisa descritiva com abordagem quantitativa, utilizando-se regressão linear múltipla com dados em painel. Utilizou-se os modelos de Dechow, Hutton, Kim e Sloan (2012) e Kothari, Leone e Wasley (2005) para apurar os accruals discricionários e um modelo de gerenciamento de resultados com variáveis de controle e interesse.

Resultados: Os resultados não confirmaram a hipótese de que a adoção do CPC 47 afetou o nível de gerenciamento de resultados no período analisado, porém evidenciaram que o endividamento e o fluxo de caixa operacional explicam os accruals discricionários, independente da adoção do padrão de reconhecimento de receitas. Esse apontamento sobre aumento de gerenciamento de resultados com adoção do CPC 47 foi em direção contrária aos apontamentos de Baldissera, Gomes, Zanchet e Fiirst (2018), no entanto, está de acordo os achados de Grecco (2013), Joia e Nakao (2014) e Braga (2020) em relação aos efeitos das normas contábeis. Os resultados apontam que empresas com maior fluxo de caixa operacional podem gerar informações contábeis com melhor qualidade independentemente dos efeitos da adoção do CPC 47. O período da pandemia do coronavírus não afetou significativamente os níveis de earnings management.

Contribuições do Estudo: Como contribuição, o estudo amplia o conhecimento teórico sobre os efeitos do CPC 47 nas práticas de earnings management. Adicionalmente, de forma prática, colabora com órgãos reguladores, preparadores das demonstrações contábeis, auditores, executivos e acionistas controladores e o mercado em geral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Lamblet Dias, UFRJ/Programa de Pós - Graduação em Ciências Contábeis

Mestrando em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Ludmilla Gomes da Silva dos Anjos, UFRJ/Programa de Pós - Graduação em Ciências Contábeis

Mestranda em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e bolsista da CAPES.

Thiago de Abreu Costa, UFRJ/Programa de Pós - Graduação em Ciências Contábeis

Doutor em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e professor adjunto do curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

José Augusto Veiga da Costa Marques, UFRJ/Programa de Pós - Graduação em Ciências Contábeis

Pós Doutor em Contabilidade e Controladoria (FEA/USP) e professor adjunto do curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Referências

Adkins, L. C. (2010). Using Gretl for Principles of Econometrics. Recuperado de http://learneconometrics.com/gretl/ebook.pdf

Almeida, J. E. F., & Almeida, J. C. G. (2009). Auditoria e earnings management: estudo empírico nas empresas abertas auditadas pelos big four e demais firmas de auditoria. Revista Contabilidade & Finanças, 20(50), 62-74. <https://doi.org/10.1590/S1519-70772009000200005>

Almeida, J. E. F. (2010). Qualidade da informação contábil em ambientes competitivos. Tese de doutorado, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-29112010-182706/publico/TeseJoseElias.pdf

Almeida, M. C. (2016). Novas mudanças contábeis nas IFRS (1a. ed.). São Paulo: Atlas.

Altaji, F. S., & Alokdeh, S. K. (2019). The impact of the implementation of international financial reporting standards no.15 on improving the quality of accounting information. Management Science Letters, 9(13), 2369-2382. <https://doi.org/10.5267/j.msl.2019.7.018>

Aquino, C. E. M., Iudícibus, S., Santos, F. A., & Saporito, A. (2019). Receita de contrato com cliente (IFRS 15/CPC 47): aspectos contábeis do segmento de medicina diagnóstica no Brasil. Revista Contemporânea de Contabilidade, 16(41), 137-161. <https://doi.org/10.5007/2175-8069.2019v16n41p137>

Araújo, K. R. A., & Rodrigues, J. M. (2022). Qualidade da informação contábil: uma investigação quanto ao gerenciamento de resultados em tempos de Covid-19. Anais do IXX Congresso USP da Iniciação Científica em Contabilidade. São Paulo, Brasil: USP. Recuperado de https://congressousp.fipecafi.org/anais/22UspInternational/ArtigosDownload/3833.pdf

Baldissera, J., Gomes, A., Zanchet, A., & Fiirst, C. (2018). Gerenciamento de resultados em companhias do setor de construção civil: influência da adoção do CPC 17. Revista Universo Contábil, 14(2), 100-117. <http://dx.doi.org/10.4270/ruc.2018213>

Barth, M. E., Landsman, W. R., & Lang, M. H. (2008). International accounting standards and accounting quality. Journal of Accounting Research, 46(3), 467-498. <https://doi.org/10.1111/j.1475-679X.2008.00287.x>

Braga, E. C., Nascimento, J. F., & Santos, M. I. C. S. (2020). Value relevance: análise dos efeitos da adoção da IFRS 15 – receita de contrato com clientes. Anais do X Congresso UFSC de Controladoria e Finanças. Santa Catarina, Brasil: UFSC. Recuperado de http://ccn-ufsc-cdn.s3-website-us-west-2.amazonaws.com/10CCF/20200715111823_id.pdf

Braga, P. G. S. (2020). Efeitos da adoção da IFRS 15 no gerenciamento de receitas: uma análise dos países do BRICS. Dissertação de mestrado, Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas, Universidade Federal de Goiás, GO. Recuperado de https://repositorio.bc.ufg.br/tede/bitstream/tede/10755/3/Disserta%c3%a7%c3%a3o%20-%20Paula%20Graciely%20da%20Silva%20Braga%20-%202020.pdf

Boina, T., & Macedo, M. A. S. (2018). Capacidade preditiva dos accruals antes e após as IFRS no mercado acionário brasileiro. Revista Contabilidade & Finanças, 29(78), 375-389. <https://doi.org/10.1590/1808-057x201806300>

Campos, L. A. (2017). Indicadores de desempenho para organizações da construção civil com adoção da IFRS 15. Dissertação de mestrado, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de Brasília, Brasília, DF. Recuperado de https://repositorio.unb.br/bitstream/10482/23380/1/2017_LorenaAlmeidaCampos.pdf

Cardoso, R. L., Souza, F. S. R. N., & Dantas, M. M. (2015). Impactos da adoção do IFRS na acumulação discricionária e na pesquisa em gerenciamento de resultados no Brasil. Revista Universo Contábil, 11(2), 65-84. <https://bu.furb.br/ojs/index.php/universocontabil/article/view/4161/3028>

Cappellesso, G., Niyama, J. K., & Rodrigues, J. M. (2021). Influências da regulação na qualidade das informações contábeis no âmbito do mercado de capitais: um ensaio teórico. Revista Universo Contábil, 16(2), 07-25. <http://dx.doi.org/10.4270/ruc.2020207>

Church, I. T. (2016). The Effects of accounting standards update 2014-09: revenue from contracts with costumers. Appalachian State University. Recuperado de https://core.ac.uk/download/pdf/345083003.pdf.

Colauto, R. D., Moreira, R. L., Bispo, O. N. A., & Angotti, M. (2010). Conservadorismo e a qualidade informacional dos resultados contábeis publicados: um estudo em siderúrgicas brasileiras. Estudos do Isca, 2. <https://doi.org/10.34624/ei.v0i2.6517>

CPC - Cômite de Pronunciamentos Contábeis. (2018). Pronunciamento Técnico 47: Receita de Contratos com Clientes. Recuperado de http://static.cpc.aatb.com.br/Documentos/527_CPC_47.pdf/

Creswell, J. W. (2010). Projeto de pesquisa: métodos qualitativos e misto (3a. ed.). Porto Alegre: Artmed. <https://doi.org/10.26512/les.v13i1.11610>

Cova, C. J. G. (2015). Os impactos da assimilação da Norma Internacional de Relatório Financeiro (IFRS15), que trata do reconhecimento das receitas de contratos com os clientes, seus efeitos assimétricos nas demonstrações financeiras das empresas brasileiras. Pensar Contábil, 17(64), 48-56. Recuperado de http://www.atena.org.br/revista/ojs-2.2.3-06/index.php/pensarcontabil/article/viewFile/2623/2205

Dalkilic, A. F. (2014). The real step in convergence project: a paradigm shift from revenue recognition to revenue from contracts with customers. International Journal of Contemporary Economics and Administrative Sciences, 4(3-4), 67-84. Recuperado de http://www.ijceas.com/index.php/ijceas/article/view/91

Dani, A. C., Dos Santos, C. A., Panucci Filho, L., & Klann, R. C. (2017). Efeito da adoção antecipada da IFRS 15 na qualidade da informação contábil. Enfoque: Reflexão Contábil, 36(2), 131-146. <https://doi.org/10.4025/enfoque.v36i2.33913>

Dechow, P. M., Ge, W., & Schrand, C. (2010). Understanding earnings quality: a review of the proxies, their determinants and their consequences. Journal of Accounting and Economics, 50, (2-3), 344-401. <https://doi.org/10.1016/j.jacceco.2010.09.001>

Dechow, P. M., Hutton, A. P., Kim, J. H., & Sloan, R. G. (2012). Detectando o gerenciamento de resultados: uma nova abordagem. Journal of Accounting Research, 50 (2), 275-334. <https://doi.org/10.1111/j.1475-679X.2012.00449.x>

Dechow, P. M., & Skinner, D. J. (2000). Earnings management: reconciling the views of accounting academics, practitioners and regulators. Accounting Horizons, 14(2), 235–25. <https://doi.org/10.2308/acch.2000.14.2.235>

Dechow, P. M., Sloan, R. G., & Sweeney, A. P. (1995). Detecting earnings management. The Accounting Review, 70(2), 1993-225. Recuperado de https://www.jstor.org/stable/248303

Drukker, D. M. (2003). Testing for serial correlation in linear panel-data models. The Stata Journal, 3(2), 168- 177. <https://doi.org/10.1177%2F1536867X0300300206>

Duarte, F. C. L., & Lucena, W. G. L. (2018). A qualidade da informação contábil e a precificação do retorno em excesso no mercado brasileiro de capitais. Revista Contemporânea de Contabilidade, 35(15), 161-178. <https://doi.org/10.5007/2175-8069.2018v15n35p161>

Fields, T., Lys, T., & Vincent, L. (2001). Empirical research on accounting choice. Journal of Accounting and Economics, 31(1-3), 255–307. <https://doi.org/10.1016/S0165-4101(01)00028-3>

Gil, A. C. (2010). Como elaborar projetos de pesquisa. 5 ed. São Paulo: Atlas.

Girão, L. F. A. P., Duarte, F. C. L., Martins, O. S., & Souza, A. N. M. (2020). Contaminação dos fundamentos pela COVID-19: previsão de receitas, gerenciamento de resultados e risco de insolvência no Brasil. Anais do XX Congresso USP International Conference in Accounting. São Paulo, Brasil: USP. Recuperado de https://congressousp.fipecafi.org/anais/20UspInternational/ArtigosDownload/2879.pdf

Grecco, M. C. P. (2013). The Effect of Brazilian convergence to IFRS on earnings managment by listed Brazilian nonfinancial companies. Brazilian Business Review, 10(4), 110–132. <https://doi.org/10.15728/bbr.2013.10.4.5>

Gujarati, D. N., & Porter, D. C. (2011). Econometria básica (5a. ed.). Porto Alegre: AMGH.

Healy, P., & Wahlen, J. (1999). A review of the earnings management literature and its implications for standard setting. Accounting Horizons, 13(4), 365-38. <https://doi.org/10.2308/acch.1999.13.4.365>

Hibrar. P., Collins, D. W. (2002). Errors in estimating accruals: implications for empirical research. Journal of Accounting Research, 40(1), 105-134. <https://doi.org/10.1111/1475-679X.00041>

Joia, R. M., & Nakao, S. H. (2014). Adoção de IFRS e gerenciamento de resultado nas empresas brasileiras de capital aberto. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, 8(1), 22-38. Recuperado de https://www.redalyc.org/pdf/4416/441642783003.pdf

Kang, S., & Sivaramakrishnan, K. (1995). Issues in testing earnings management and an instrumental variable approach. Journal of Accounting Research, 33(2),353–367. <https://doi.org/10.2307/2491492>

Kothari, S. P., Leone, A. J., & Wasley, C. E. (2005). Performance matched discretionary accrual measures. Journal of Accounting and Economics, 39(1), 163-197. <https://doi.org/10.1016/j.jacceco.2004.11.002>

KPMG. (2014). Fisrt impressions: receita de contratos com clientes. Recuperado de https://assets.kpmg/content/dam/kpmg/br/pdf/2016/10/br-ifrs-em-destaque-02.14.pdf

KPMG. (2016). IFRS 15 Receitas. Recuperado de https://assets.kpmg/content/dam/kpmg/br/pdf/2016/10/br-ifrs-em-destaque-03-16.pdf

KPMG. (2020). IFRS 15 and Covid-19: what to consider when it comes to revenue recognition (part 1). Recuperado de https://blog.kpmg.lu/ifrs-15-and-covid-19-what-to-consider-when-it-comes-to-revenue-recognition-part-1/

Lopes, A. B., & Martins, E. (2005). Teoria da contabilidade: uma nova abordagem (1a. ed.). São Paulo: Atlas.

Lourenço, I. M. E. C., & Branco, M. E. M. A. D. C. (2015). Principais consequências da adoção das IFRS: análise da literatura existente e sugestões para investigação futura. Revista Contabilidade & Finanças, 26(68), 126-139. <https://doi.org/10.1590/1808-057x201500090>

Martinez, A. L. (2001). “Gerenciamento” dos resultados contábeis: estudo empírico das companhias abertas brasileiras. Tese de doutorado, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP. Recuperado de https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-14052002-110538/publico/tde.pdf

Martinez, A. L. (2008). Detectando earnings management no Brasil: estimando os accruals discricionários. Revista Contabilidade e Finanças, 19(46), 7-17. <https://doi.org/10.1590/S1519-70772008000100002>

Martinez, A. L. (2013). Gerenciamento de resultados no Brasil: um survey da literatura. Brazilian Business Review, 10(4), 1-31. <https://doi.org/10.15728/bbr.2013.10.4.1>

Martins, V. G., Paulo, E., & Monte, P. A. (2016). O gerenciamento de resultados contábeis exerce influência na acurácia da previsão de analistas no Brasil? Revista Universo Contábil, 12(3), 73-90. Recuperado de https://bu.furb.br/ojs/index.php/universocontabil/article/view/5175/3383

Melo, P. H. F., & Lamounier, W. M. (2020). Gerenciamento de resultados financeiros em ofertas públicas iniciais de ações (IPOs) e desempenho posterior das ações. Revista Gestão & Tecnologia, 20(2). <https://doi.org/10.20397/2177-6652/2020.v20i2.1824>

Moreira, J. A. C. (2006). Discretionary accruals: the measurement error induced by conservatism". Portuguese Journal of Management Studies, 11(2), 115-126. Recuperado de http://hdl.handle.net/10400.5/10001

Morawska, I. (2021). The impacto of the IFRS 15 implementation on the revenue-based earnings management in Poland. Journal of Economics & Management, 43, 387-403. <https://doi.org/10.22367/jem.2021.43.18>

Mota, R. H. G., De Barros Campos, S. J., Niyama, J. K., & Paulo, E. (2012). Reconhecimento de receitas nos contratos de construção imobiliária: um estudo do exposure draft ED/2010/6-receita de contratos com clientes. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ, 17(2), 89-103. Recuperado de http://www.atena.org.br/revista/ojs-2.2.3-08/index.php/UERJ/article/view/1330

Napier, C. J., & Stadler, C. (2020). The real effects of a new accounting standard: the case of IFRS 15 revenue from contracts with customers. Accounting and Business Research, 50(5), 474-503. <https://doi.org/10.1080/00014788.2020.1770933>

Oliveira, A. M; Modena, J. L. (2022). COVID-19 em países da américa latina: análise da influência da pandemia sobre gerenciamento de resultados em companhia de capital aberto. Anais do XX Congresso USP International Conference in Accounting. São Paulo, Brasil: USP. Recuperado de https://congressousp.fipecafi.org/anais/22UspInternational/ArtigosDownload/3966.pdf

Oliveira, R. X., Crabbi, T. M., & Rodrigues, J. M. (2020). Nível de aderência das empresas brasileiras listadas do setor de telecomunicações ao pronunciamento contábil CPC 47. Revista Ambiente Contábil, 12(1), 1-20. <https://doi.org/10.21680/2176-9036.2020v12n1ID16288>

Onie, S., Ma, L., Spiropoulos, H., & Wells, P. (2022). An evaluation of the impacts of the adoption of IFRS 15 revenue from contracts with customers. Accounting & Finance. <https://doi.org/10.1111/acfi.12978>

Paulo, E. (2007). Manipulação das informações contábeis: uma análise teórica e empírica sobre os modelos operacionais de detecção de gerenciamento de resultados. Tese de doutorado, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, SP. Recuperado de https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-28012008-113439/en.php

Paulo. E., Martins, E., & Corrar, L. J. (2007). Detecção do gerenciamento de resultados pela análise do diferimento tributário. Revista de Administração de Empresas, 47(1), 46-59. <https://doi.org/10.1590/S0034-75902007000100005>

Piosik, A. (2021). Revenue recognition in achieving consensus on analysts’ forecasts for revenue, operating income and net earnings: the role of implementing IFRS 15. Evidence from Poland. Procedia Computer Science, 192, 1560-1572. <https://doi.org/10.1016/j.procs.2021.08.160>

Prata, B. C., & Flach, L. (2021). Gerenciamento de resultados e governança corporativa: uma análise a partir da adoção das IFRS no Brasil. Revista Ambiente Contábil, 13(2), 41-62. <https://doi.org/1010.21680/2176-9036.2021v13n2ID20193>

PWC. (2017). IFRS 15 O futuro está aqui: Analisando o impacto da nova norma sobre reconhecimento de receita. Recuperado de https://www.pwc.com.br/pt/estudos/servicos/auditoria/2017/futuro_ifrs_17.pdf

Ribeiro, M. C. R. G., Barcelos, L. Z., & Costa, T. A. (2020). Análise dos Impactos da Adoção do CPC 47 nas Empresas Brasileiras de Capital Aberto. Anais do XVII Congresso USP da Iniciação Científica em Contabilidade. São Paulo, Brasil: USP. Recuperado de: https://congressousp.fipecafi.org/anais/20UspInternational/ArtigosDownload/2708.pdf

Rodrigues, J. M., Niyama, J. K. (2018). Qualidade da informação contábil: uma análise da adoção dos padrões internacionais de contabilidade pelos países que compõe o G-7 e BRICS. Enfoque: Reflexão Contábil, 37(4), 33-48. <https://doi.org/10.4025/enfoque.v37i4.34646>

Rutledge, R. W., Karim, K. E., & Kim, T. (2016). The FASB’s and IASB’s new revenue recognition standard: what will be the effects on earnings quality, deferred taxes, management compensation, and on industry‐specific reporting? Journal of Corporate Accounting and Finance, 27(6), 43-48. <https://doi.org/10.1002/jcaf.22188>

Santos, L. S., Carmo, C. H. S., & Rech, I. J. Suavização de resultados e o valor de mercado das empresas durante a Covid-19. (2022). Anais do XXII Congresso USP International Conference in Accounting. São Paulo, Brasil: USP. Recuperado de https://congressousp.fipecafi.org/anais/22UspInternational/ArtigosDownload/3940.pdf

Sousa, B. O., Clementino, E. P. M., Rodrigues, J. M. (2020). Value relevance dos níveis de disclosure das receitas de contratos com clientes nas empresas brasileiras listadas na B3 do setor da construção civil. Anais do XIV Congresso ANPCONT. Recuperado de http://anpcont.org.br/pdf/2020_CFF611.pdf

Susak, T. (2020). The effect of regulatory changes on relationship between earnings management and financial reporting timeliness: the case of COVID-19 pandemic. Zbornik Radova Ekonomskog Fakulteta u Rijeci: Časopis za Ekonomsku Teoriju i Praksu, 38(2), 453-473. <https://doi.org/10.18045/zbefri.2020.2.453>

Trabelsi, N. S. (2018). IFRS 15 early adoption and accounting information: Case of real estate companies in Dubai. Academy of Accounting and Financial Studies Journal, 22(1), 1-12. Recuperado de https://www.abacademies.org/articles/ifrs-15-early-adoption-and-accounting-information-case-of-real-estate-companies-in-dubai-1528-2635-22-1-129.pdf.

Tutino, M., Regoliosi, C., Mattei, G., Paoloni, N., & Pompili, M. (2019). Does the IFRS 15 impact earnings management? initial evidence from italian listed companies. African Journal of Business Management, 13(7), 226-238. <https://doi.org/10.5897/AJBM2018.8735>

Veysey, R. (2020). The real effects of a new revenue accounting standard’- a practitioner view. Accounting and Business Research, 50(5), 504-506.

< https://doi.org/10.1080/00014788.2020.1770935>

Weil, R. L., Schipper, K., & Francis, J. (2016). Contabilidade Financeira. São Paulo: Cengage Learning.

Yassin, M. M., Shaban, O. S., Al- Sraheen, D. A. D., & Daoud, K. A. Revenue standard and earnings management during the Covid-19 pandemic: a comparison between IFRS and GAAP. Journal of Governance and Regulation, 11(2), 80-93. <https://doi.org/10.22495/jgrv11i2art7>

Downloads

Publicado

02-01-2023

Como Citar

DIAS, A. L. .; ANJOS, L. G. da S. dos; COSTA, T. de A.; MARQUES, J. A. V. da C. Efeitos do CPC 47 no gerenciamento de resultados das empresas listadas na B3. REVISTA AMBIENTE CONTÁBIL - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ISSN 2176-9036, [S. l.], v. 15, n. 1, p. 154–179, 2023. DOI: 10.21680/2176-9036.2023v15n1ID27956. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/ambiente/article/view/27956. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Seção 1: Contabilidade Aplicada ao Setor Empresarial (S1)