OS VENTOS DO NORTE TAMBÉM PODEM MOVER MOINHOS? “COMO SOBREVIVER A UMA PRAGA” E RESPOSTAS À EPIDEMIA DE HIV/AIDS

  • Tiago Amaral Sales Universidade Federal de Uberlândia

Resumo


Este texto pensa em respostas acerca da epidemia de HIV/aids a partir do documentário “How to survive a plague”, traduzido para “Como sobreviver a uma praga”, dirigido por David France e lançado em 2012. O filme, pensado com suas potências pedagógicas, traz registros de enfrentamentos a aids nos Estados Unidos, sobretudo nas décadas de 80 e 90, a partir do ACT UP, coletivo de luta pela vida das pessoas com aids. Utilizo a cartografia como forma de percorrer os trajetos audiovisuais na procura de forças e afetos que permitam pensar nos impactos epidêmicos no passado e no presente. Penso nos ventos do Norte como o que venta do Norte, pelo Norte e para outros lugares do planeta, em diálogo-metafórico com a música “Sangue Latino”, a procura de potências que somem com ventos outros e possam também mover moinhos no Sul em relação a dilemas contemporâneos do HIV/aids.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
09-07-2021
Como Citar
AMARAL SALES, T. OS VENTOS DO NORTE TAMBÉM PODEM MOVER MOINHOS? “COMO SOBREVIVER A UMA PRAGA” E RESPOSTAS À EPIDEMIA DE HIV/AIDS. Bagoas - Estudos gays: gêneros e sexualidades, v. 14, n. 22, 9 jul. 2021.