A utopia pornográfica na ditadura cis-hétero-militar brasileira

Autores

  • Rick Afonso-Rocha UESC

Resumo

Reflito sobre o complexo diagrama das relações de poder durante a ditadura cis-hétero-militar (1964-1988). Para tanto, analiso como, na última ditadura brasileira, o funcionamento do poder pode ser pensado a partir da negação dos  seus postulados jurídicos: propriedade, localização, subordinação, essência, legalidade e modalidade. Isso implica pensar o poder como relação microfísica, intencional, não subjetiva, capilar e dinâmica. A partir desse quadro teórico, busco refletir sobre a concomitância de três paradigmas de governamento, a saber: necropolítica, biopolítica e deimopolítica, na constituição do controle social do gênero e do sexo durante o referido período, de modo a considerar a relação entre o desejo e o campo social na produção da utopia pornográfica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

08-07-2024

Como Citar

AFONSO-ROCHA, R. A utopia pornográfica na ditadura cis-hétero-militar brasileira. Bagoas - Estudos gays: gêneros e sexualidades, [S. l.], v. 15, n. 23, 2024. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/bagoas/article/view/27507. Acesso em: 22 jul. 2024.