AVALIAÇÃO DO IMPACTO DO PROJETO DE EXTENSÃO ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DA MULHER

  • Daísy Viera de Araújo FACISA/UFRN
  • Dayse Martins do Nascimento Soares Coordenadoria de Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Santa Cruz/RN
  • Fábia Barbosa de Andrade FACISA/UFRN
  • Vanusa Ferreira da Costa FACISA/UFRN
Palavras-chave: Saúde da Mulher. Educação em Saúde. Atenção Primária à Saúde.

Resumo


As atividades de extensão em saúde são um bom dispositivo para viabilizar a promoção da saúde, devem ser realizadas de acordo com as necessidades locais e com a demanda da comunidade e desenvolvidas de maneira clara e precisa para facilitar o entendimento. Objetivo: Avaliar o impacto do projeto de extensão “Atenção Integral à Saúde da Mulher: ações de promoção da saúde, prevenção de agravos e educação em saúde”. Metodologia: Trata-se de um estudo exploratório e descritivo, de abordagem quantitativa, desenvolvido no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, localizado no município de Santa Cruz, Rio Grande do Norte. A amostra foi composta por 45 adolescentes. Utilizou-se o pacote estatístico SPSS, versão 20.0, para análise dos dados. Foram obtidas as frequências absoluta e relativa, média, mediana e desvio padrão. Resultados: As participantes tinham média de idade de 12,36 anos. Para 80% houve mudança de pensamento em relação à própria saúde; 77,8% mudaram o comportamento em relação à própria saúde; 73,3% consideraram como aprendizado cuidar da própria saúde e 26,7% a importância de procurar informações corretas. Conclusão: As atividades de extensão são capazes de estimular mudanças no pensamento e no comportamento, em relação à saúde de adolescentes, assim como proporcionam conhecimento e aprendizado, além de despertarem o interesse em cuidar da própria saúde, contribuindo para o desenvolvimento pessoal. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
14-03-2017
Como Citar
ARAÚJO, D. V. DE; SOARES, D. M. DO N.; ANDRADE, F. B. DE; COSTA, V. F. DA. AVALIAÇÃO DO IMPACTO DO PROJETO DE EXTENSÃO ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DA MULHER. Revista Extensão & Sociedade, v. 6, n. 1, p. 23 - 32, 14 mar. 2017.
Seção
Artigos