SÍNDROME VELOCARDIOFACIAL: UM ESTUDO DE CASO

  • Gabriella Vinhas Cotta
  • Zilane Silva Barbosa de Oliveira

Resumo


A síndrome velocardiofacial é a segunda síndrome mais comum, perdendo apenas para a Síndrome de Down. Possui cerca de 180 aspectos clínicos com grande variedade de anomalias estruturais. Os principais acometimentos fonoaudiológicos sáo hipernasalidade, alterações no palato (maior prevalência de fissura submucosa), no esfíncter velofaríngico, na cogniçáo, na fala, além de hipotonia, anomalias de orelha média e dificuldade de aprendizagem. Objetivo: Verificar a eficácia da intervençáo fonoaudiológica em paciente portador da síndrome velocardiofacial. Procedimentos: O paciente F.L.P., 10 anos, com diagnóstico clínico de síndrome velocardiofacial, foi submetido à avaliaçáo e terapia fonoaudiológica na Clínica Escola de Fonoaudiologia da Universidade Potiguar, em Natal-RN, no período de maio a junho de 2010, totalizando seis sessões terapêuticas. As estratégias utilizadas objetivaram essencialmente a reduçáo da hipernasalidade na produçáo dos fonemas fricativos /s/ e /ʃ/ e envolviam contextos lúdicos de jogos, além de intervenções como pressionar a espátula no dorso da língua com emissáo simultânea dos fonemas em questáo, colocar a espátula horizontalmente entre os dentes, solicitando ao paciente que produzisse os fonemas /s/ e /ʃ/. Resultados: Após as sessões, já pôde ser verificado uma melhora assistemática da ressonância na produçáo desses fonemas, com maior direcionamento do ar para a cavidade oral. Conclusáo: A eficácia da terapia fonoaudiológica no paciente portador de síndrome velocardiofacial, uma vez que foi observada grande melhora da ressonância, ainda que com número reduzido de sessões terapêuticas. Sugere-se a realizaçáo de novos estudos com tal populaçáo, devido à escassez de publicações científicas na Fonoaudiologia quanto ao assunto em questáo.
Palavras-Chave: Síndrome de DiGeorge; Estudos de Casos; Síndrome velocardiofacial; Fenda Palatina

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
15-09-2011
Como Citar
COTTA, G. V.; DE OLIVEIRA, Z. S. B. SÍNDROME VELOCARDIOFACIAL: UM ESTUDO DE CASO. Revista Extensão & Sociedade, v. 2, n. 3, 15 set. 2011.