RELATO DE EXPERIÊNCIAS DA FONOAUDIOLOGIA NOS CENTROS DE SAÚDE DA FAMíLIA

  • Anamélia Almeida de Oliveira
  • Luana Paula de Lima Costa
  • Maria Neli dos Santos Oliveira
  • Denise Klein Antunes
  • Vanessa Cláudia V. Pinto

Resumo


Transformações vêm ocorrendo no modelo da assistência à saúde tendo a Fonoaudiologia contribuído para esses avanços - Investimentos na Atençáo Primária junto aos Centros de Saúde da Família (CSF) com suas equipes e, mais recentemente, a implantaçáo dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF). Outro grande marco foi à implantaçáo de Programas Nacionais viabilizando, aos estudantes, a oportunidade de já vivenciar o mercado de trabalho como monitores no Pet (Programa de Educaçáo pelo Trabalho para a Saúde) e Pró-saúde (Programa Nacional de Reorientaçáo da Formaçáo Profissional em Saúde). Objetivo: Descrever relato das experiências desenvolvidas na disciplina de Fonoaudiologia na Saúde Coletiva do Curso de Fonoaudiologia da Universidade de Fortaleza – UNIFOR, em CSF. Métodos: Trata-se de uma pesquisa descritiva de abordagem qualitativa, em que trabalhos acadêmicos (projeto de implantaçáo da fonoaudiologia no NASF, vídeos, fotos e relatórios) realizados no período de 2010 a 2011, em três Centros de Saúde da Família (CSF), tornaram-se instrumentos de coleta de dados, para analise e interpretaçáo dos achados. As intervenções realizadas nesses CSF e nos equipamentos sociais adscritos, foram integradas a vivências do Pró-saúde e Pet-saúde. Resultados: As ações desenvolvidas ao longo dos semestres culminaram em projetos de implantaçáo do serviço de fonoaudiologia para o NASF, revelando cada experiência prática na disciplina. As vivências foram feitas com integraçáo de outros cursos da saúde, bem como o envolvimento dos profissionais das equipes de Saúde da Família. Podemos destacar como atividades: diagnóstico situacional do CSF e equipamentos sociais, planejamento das ações, execuçáo destas através de orientações preventivas e de promoçáo da saúde comunicativa nas salas de espera dos CSF e equipamentos sociais, capacitaçáo para os agentes comunitários de saúde – ACS, oficinas com gestantes, crianças e idosos, visitas domiciliares, grupos terapêuticos, como realizaçáo de triagem e acompanhamento dos casos tendo a participaçáo das famílias para orientações. Também foram desenvolvidas ações educativas nas creches e escolas. Todas as intervenções foram realizadas de forma interdisciplinar, com o uso de materiais ilustrativos de claro entendimento. Conclusáo: Através das práticas fonoaudiológicas nos serviços públicos e coletivos, a populaçáo tem procurado com mais freqüência o serviço de fonoaudiologia, favorecendo o acesso e aumentando os conhecimentos dos usuários acerca das alterações da comunicaçáo humana e dos cuidados necessários para preveni-las. A experiência prática possibilita maior visáo, maturidade e autonomia para os monitores dos Programas. As ações realizadas nos locais mostraram a importância da elaboraçáo e organizaçáo de intervenções de saúde e educaçáo, de acordo com as necessidades e características do local, o que torna possível práticas vinculadas à realidade da populaçáo.
Palavras-Chave: Saúde Pública; Promoçáo da Saúde; Atençáo Primária

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
16-09-2011
Como Citar
DE OLIVEIRA, A. A.; COSTA, L. P. DE L.; OLIVEIRA, M. N. DOS S.; ANTUNES, D. K.; PINTO, V. C. V. RELATO DE EXPERIÊNCIAS DA FONOAUDIOLOGIA NOS CENTROS DE SAÚDE DA FAMíLIA. Revista Extensão & Sociedade, v. 2, n. 3, 16 set. 2011.