Popularidade entre os jovens brasileiros do “jogo do Suicídio”: Baleia Azul e sua aceitação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2178-6054.2017v8n2ID11859

Palavras-chave:

Baleia Azul, Jogos Abusivos, Incentivo a Suicidio, Depressão, Suicídio, Mutilação, Doença Psicológica, Crime

Resumo

O presente artigo discorre sobre a popularidade no Brasil de um jogo viral conhecido pelo nome Baleia azul ou Blue Whale. Descrito pela primeira vez na Rússia o jogo ganha popularidade e cada vez mais está atingindo jovens. Apesar de as únicas provas que existem contra ele ainda sejam as mortes similares e os relatos de mães sobre os comportamentos, também parecidos, antes da morte. O jogo já ganhou adeptos no Brasil, dentre as 862 pessoas que responderam ao questionário, em um dia, 14 pessoas afirmam jogar. Dentre os jogadores 90% são mulheres e em sua maioria não chegaram aos 18 anos de idade, a maior parte justifica para a entrada no jogo por decorrência da sua vida social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kamila Joyce Lucas Peixoto, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Ciências Biológicas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Diagnostico por Imagem (Radiologia) - Faculdade de Ciências Cultura e Extensão do Rio Grande do Norte;

Downloads

Publicado

05-01-2018

Como Citar

PEIXOTO, K. J. L. Popularidade entre os jovens brasileiros do “jogo do Suicídio”: Baleia Azul e sua aceitação. Revista Extensão & Sociedade, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 71–78, 2018. DOI: 10.21680/2178-6054.2017v8n2ID11859. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/extensaoesociedade/article/view/11859. Acesso em: 5 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos