PROJETO FAROL E A PRODUÇÃO DE CONTEÚDO ACESSÍVEL EM LIBRAS SOBRE A PANDEMIA DE CORONAVÍRUS

Relato de Experiência

  • Ludmila Carvalho UFRB
  • Anderson Rafael Siqueira Nascimento UFRB

Resumo


No momento atual de pandemia do Coronavírus, informações podem literalmente salvar vidas. Tanto o poder público como a imprensa as têm veiculado a todo instante, porém, cerca de 180 mil baianos podem estar sem o acesso devido às orientações do Ministério da Saúde ou da Organização Mundial da Saúde. Trata-se de pessoas surdas que utilizam a Língua Brasileira de Sinais como sua primeira língua e que não têm acesso às principais informações veiculadas oficialmente. Este trabalho apresenta o relato de experiência do Projeto Farol, Projeto de Extensão da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia que tem trabalhado no sentido de produzir materiais acessíveis em língua de sinais com recursos visuais para esse grupo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ludmila Carvalho, UFRB

Professora Adjunta da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Titulação: doutorado (Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4764856D9)

Anderson Rafael Siqueira Nascimento, UFRB

Professor Assistente da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Titulação: mestrando (Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4409397T1)

Publicado
30-11-2020
Como Citar
CARVALHO, L.; SIQUEIRA NASCIMENTO, A. R. PROJETO FAROL E A PRODUÇÃO DE CONTEÚDO ACESSÍVEL EM LIBRAS SOBRE A PANDEMIA DE CORONAVÍRUS. Revista Extensão & Sociedade, v. 11, n. 2, 30 nov. 2020.