CONSTRUÇÃO DE DEMANDAS E TECNOLOGIA SOCIAL: APLICAÇÃO NA ATIVIDADE JANGADEIRA

  • Maria Cristiane Werba Saldanha
  • Larissa Praça de Oliveria
  • Joyce Elanne Mateus Celestino
  • Isis Tatiane de Barros Macêdo Veloso

Resumo


A pesca artesanal através de jangadas é marcada pela imprevisibilidade, riscos de acidentes e precárias condições de trabalho e higiene. No Rio Grande do Norte esse tipo de pesca gerou no ano de 2005, cerca de 18,15% da produçáo pesqueira, sendo praticada por praticada por várias comunidades litorâneas caracterizadas por baixo nível de escolaridade e absorçáo pelo mercado formal de trabalho. Este artigo objetivou apresentar o método e os resultados do processo de construçáo de demandas da atividade jangadeira na praia de Ponta Negra, Natal-RN, que se constitui na primeira etapa do projeto de extensáo “Atividade Jangadeira: tradiçáo, ergonomia e sustentabilidade. Para tanto, utilizou-se o método de construçáo das demandas baseado na Análise Ergonômica do Trabalho, utilizando métodos interacionais e observacionais. As hipóteses das demandas foram elaboradas através de pesquisas bibliográficas, análise em situaçáo de referência e em instituições governamentais e náo governamentais relacionadas à atividade pesqueira. Essas hipóteses foram confrontadas e reformuladas a partir da análise global situada realizada em Ponta Negra, através de um processo de construçáo social. Constatou-se que as principais demandas relacionam-se à ergonomia, higiene, saúde e segurança do trabalho, qualidade/produtividade do pescado e meio ambiente, requerendo o desenvolvimento e implementaçáo de ações interdisciplinares de capacitaçáo, gestáo e modificações no projeto da jangada, a fim de contribuir para a sustentabilidade da atividade e qualidade de vida dos jangadeiros.
Palavras-chave: Construçáo de Demandas. Ergonomia. Tecnologia Social. Pesca artesanal.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
29-12-2010
Como Citar
SALDANHA, M. C. W.; DE OLIVERIA, L. P.; CELESTINO, J. E. M.; VELOSO, I. T. DE B. M. CONSTRUÇÃO DE DEMANDAS E TECNOLOGIA SOCIAL: APLICAÇÃO NA ATIVIDADE JANGADEIRA. Revista Extensão & Sociedade, v. 1, n. 2, 29 dez. 2010.
Seção
Relatos de Experiência