Territórios teatrais a partir das máscaras brincantes

Autores

  • Vanéssia Gomes Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.21680/2595-4024.2022v5n2ID30929

Resumo

Este artigo trata sobre as máscaras teatrais presentes nas manifestações tradicionais populares. Trago como questão demarcadora desenvolver um pensamento que apresente as manifestações tradicionais como lugar de referência para os estudos e práticas de procedimentos de atuação teatral.  Associo a este pensamento as experiências criadas e executadas por brincantes, mestras e mestres que partem de práticas cênicas construídas e repassadas entre si, e entre grupos. Intento colaborar com artistas/pesquisadores(as) de teatro que tomam como referência estas práticas para suas criações, resultando em diversos tipos de aproximações, diálogos, encontros e similitudes. Proponho a articulação de matrizes que possam ser deflagradoras de novos campos de investigação a partir da cena popular. Estas inquietudes emergem do meu trabalho, como atriz e diretora, desde os processos de pesquisa e criação que dei início no princípio dos anos 90, onde também ocorre minha aproximação a estas expressões. Destaco nesta trajetória os espetáculos e as investigações desenvolvidas como integrante do Grupo Teatro de Caretas (CE).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

23-12-2022

Como Citar

GOMES, V. Territórios teatrais a partir das máscaras brincantes. Manzuá: Revista de Pesquisa em Artes Cênicas, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 24, 2022. DOI: 10.21680/2595-4024.2022v5n2ID30929. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/manzua/article/view/30929. Acesso em: 29 maio. 2024.