Os Cravos da Morte na cidade Jardim: a Procissão Dos Passos em Estância, Sergipe (1850-1920)

Autores

  • Magno Francisco de Jesus Santos

Palavras-chave:

religiosidade, Festa, procissão, História

Resumo

A Procissáo dos Passos é considerada uma das principais celebrações do período quaresmal. Marcada por fortes traços da teatralidade barroca, a solenidade foi alvo de registro de memorialistas, constituindo um relevante lócus documental sobre a religiosidade e das principais cidades de Sergipe. Esse trabalho tem foco a Procissáo dos Passos na cidade de Estância no período entre o final do século XIX e início do XX. O propósito desse estudo é compreender as diferentes representações inerentes à celebraçáo a partir de seus elementos de teatralidade. A procissáo que em algumas cidades possuía características penitenciais, em Estância era uma ocasiáo de demonstrar o prestígio social da elite local. Utilizando como fonte os registros de memorialistas como Gilberto Amado e artigos publicados nos jornais de Estância e Aracaju, esse estudo tenta reconstituir os cenários e episódios que marcaram as solenidades da semana santa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

12-07-2011

Como Citar

SANTOS, M. F. de J. Os Cravos da Morte na cidade Jardim: a Procissão Dos Passos em Estância, Sergipe (1850-1920). Mneme - Revista de Humanidades, [S. l.], v. 12, n. 29, 2011. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/mneme/article/view/1011. Acesso em: 30 maio. 2024.