Os terços de Homens pardos e pretos libertos: Mobilidade social via postos militares nas Minas do século XVIII

Autores

  • Francis Albert Cotta

Resumo


Lança o olhar para a possibilidade da escrita de uma história que procure resgatar as estratégias cotidianas desenvolvidas por pardos e negros libertos nas Minas Gerais do século XVIII, ao se inserirem voluntariamente nas tropas auxiliares e irregulares. Desta forma, procura desconstruir a idéia de que estes homens foram apenas utilizados pela Coroa Portuguesa e pelos poderosos locais.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

24-06-2010

Como Citar

COTTA, F. A. Os terços de Homens pardos e pretos libertos: Mobilidade social via postos militares nas Minas do século XVIII. Mneme - Revista de Humanidades, [S. l.], v. 3, n. 06, 2010. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/mneme/article/view/158. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos