O "peso" de ser muito gordo: um estudo antropológico sobre obesidade e gênero

  • Clarissa Azevedo Gonçalves
Palavras-chave: Obesidade, Gênero, Doença

Resumo


Este trabalho foi realizado em Porto Alegre. Tem como objetivo investigar a forma como algumas pessoas que se submeteram à cirurgia bariátrica representam a gordura corporal. Os dados mostram que a gordura corporal dificulta a locomoçáo. Ressalta-se que a obesidade tende a afetar de forma mais incisiva a mulher, a qual passa de cuidadora do lar, dos filhos e do marido, a dependente destes para realizar os cuidados da casa e consigo própria. Isto é sentido por ela como prejudicial a toda a família. À medida que a mulher vai se tornando mais dependente dos outros, vai se sentindo mais doente. 


Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
12-07-2010
Como Citar
GONÇALVES, C. A. O "peso" de ser muito gordo: um estudo antropológico sobre obesidade e gênero. Mneme - Revista de Humanidades, v. 5, n. 11, 12 jul. 2010.
Seção
Artigos