O aspecto cultural dos programas de imersão e a aquisição de segunda língua

  • Naiara Medeiros de Oliveira
  • Janaina Weissheimer Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Palavras-chave: Programas de imersão. Cultura. Segunda língua. Aprendizagem.

Resumo


Os programas de imersão têm se popularizado nos últimos anos, principalmente pela influência que exercem na aprendizagem de idiomas. Nesse contexto, o presente artigo tem como objetivo investigar quais são os fatores que auxiliam os estudantes a adquirirem uma segunda língua quando estão imersos na cultura de um país estrangeiro e analisar os desafios que podem impactar a aprendizagem da língua alvo. Para isso, é usada a técnica de entrevista semiestruturada com estudantes brasileiros que participaram do programa Ciências sem Fronteiras. Os dados qualitativos coletados são analisados por meio da categorização de declarações que possam fornecer uma compreensão de como a experiência dos estudantes influenciou a aprendizagem da língua inglesa. Os resultados obtidos evidenciam que a real necessidade de comunicação, a motivação e atividades acadêmicas são os principais fatores que influenciaram a aquisição da língua alvo. Destaca-se ainda o choque cultural que, apesar de ser citado como um obstáculo, impactou positivamente a aprendizagem. Ademais, verifica-se que os participantes indicaram uma melhoria significativa nas habilidades de escrita, leitura, fala e compreensão auditiva. Desse modo, o estudo conclui que o programa Ciências sem Fronteiras ofereceu uma experiência de imersão significativa na aquisição da língua alvo e, ainda, mostra as limitações do ensino da língua inglesa no Brasil, uma vez os cursos e escolas, em sua maioria, não se preocupam com o uso real da língua em sala de aula.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Janaina Weissheimer, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Possui graduação em Letras Português Inglês pela UNISINOS (1999), mestrado em Lingüística Aplicada pela UNISINOS (2002) e doutorado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente) pela Universidade Federal de Santa Catarina UFSC (2007). Realizou estágio pós-doutoral em neurocognição na University of California in San Diego (UCSD) em 2014-2015. Atualmente é professor adjunto IV da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em Natal. 
Publicado
08-12-2016
Como Citar
OLIVEIRA, N. M. DE; WEISSHEIMER, J. O aspecto cultural dos programas de imersão e a aquisição de segunda língua. Revista Odisseia, n. 14, p. p. 129 - 138, 8 dez. 2016.
Seção
Artigos