ARBITRARIEDADE DA LÍNGUA EM SAUSSURE: DO MITO FREUDIANO AO REAL LACANIANO

  • Elisângela Ferreira Barrêto

Resumo

Este trabalho buscou o diálogo entre Psicanálise e Linguística vislumbrando aspectos importantes para ambos os saberes. Através dessa articulaçáo procurou-se, ao recorrer ao fundamento saussuriano da arbitrariedade, indicar a partir dos conceitos da Psicanálise, que Saussure através da arbitrariedade construiu uma verdade mítica que se apresenta como um essencial alicerce para a existência da ciência Linguística.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
02-07-2012
Como Citar
BARRÊTO, E. F. ARBITRARIEDADE DA LÍNGUA EM SAUSSURE: DO MITO FREUDIANO AO REAL LACANIANO. Revista Odisseia, n. 5, 2 jul. 2012.
Edição
Seção
Artigos