O discurso sobre as novas tecnologias no campo CALL

a construção do “tradicional” e do “novo”

Palavras-chave: CALL, Novas tecnologias, Discurso, Ideologia

Resumo


Com base na Análise do Discurso elaborada por Michel Pêcheux, tomamos como objeto de reflexão o campo CALL (Computer Assisted Language Learning-Aprendizagem de Línguas Mediada por Computadores). Foram analisados artigos científicos que discutem as novas tecnologias no ensino e na aprendizagem de línguas estrangeiras, com o objetivo de abordar a construção discursiva do “tradicional” e do “novo”. A análise realizada indicou que, no âmbito do CALL, o “tradicional” é construído, em oposição ao “novo”, como espaço desestimulante onde o professor controla a dinâmica da aula, em que não se fomenta colaboração, interação ou autonomia entre os alunos. A dicotomia “tradicional x novo” desponta, portanto, como efeito ideológico de evidência, idealizando o “novo” em detrimento do “tradicional”.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edmundo Gasparini, Universidade Federal de São João del-Rei - UFSJ

Graduado em Psicologia pela UFMG. Mestre em Linguística Aplicada ao Ensino de Línguas Estrangeiras pelo IEL/UNICAMP. Doutor em Linguística pelo IEL/UNICAMP. Professor do Departamento de Letras, Artes e Cultura e do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal de São João del-Rei. Áreas de interesse: Análise do Discurso e Psicanálise, ensino de língua inglesa, formação de professores de língua estrangeira.

Publicado
08-04-2020
Como Citar
GASPARINI, E. O discurso sobre as novas tecnologias no campo CALL. Revista Odisseia, v. 5, n. 1, p. p. 60 - 83, 8 abr. 2020.
Seção
Artigos