Os direitos humanos em conflito:

polêmica, violência verbal e emoções nas redes sociais

Palavras-chave: Violência verbal, Direitos humanos, Redes sociais

Resumo

Este trabalho analisa interações verbais polêmicas sobre a temática direitos humanos no atual contexto brasileiro em comentários de usuários do site de rede social Facebook, atentando para estratégias linguísticas por eles mobilizadas para a inscrição de seus pontos de vista, bem como observando as funções que o desacordo, a violência verbal e a emoção podem exercer na construção de polêmicas públicas sobre temas relacionados à humanização de direitos considerados como essenciais à vida. Para tanto, fundamenta-se nos estudos de Amossy (2018, 2017a, 2017b) e em trabalhos de autores como Kerbrat-Orecchioni (1998, 2006, 2014), Brown e Levinson (1999), dentre outros. Os resultados obtidos a partir da análise dos dados sugerem que a violência verbal e a emoção assumem diversas funções nas interações de usuários em sites de redes sociais. Apesar de não serem constitutivas da polêmica, essas estratégias linguísticas exacerbam a polêmica, porque acirram a polarização e a desqualificação do outro.

utro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ananias Agostinho da Silva, Universidade Federal Rural do Semi-Árido, UFERSA - Campus Angicos

Doutor em Estudos da Linguagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2015). Mestre em Letras pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (2012). Graduado em Letras com habilitação em Língua Portuguesa e suas respectivas Literaturas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (2010). É professor adjunto da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, atuando no Departamento de Ciências Humanas, do Campus Multidisciplinar de Angicos. É professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino (POSENSINO), da associação ampla entre a Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. É também professor permanente do Programa de Mestrado Profissional em Letras (PROFLETRAS), Unidade de Pau dos Ferros, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. É sócio da Associação de Linguística Aplicada do Brasil (ALAB), da Associação Brasileira de Linguística (ABRALIN) e sócio do Grupo de Estudos Linguísticos do Nordeste (GELNE). Desenvolve estudos na área de Letras, com ênfase em Linguística Textual, Linguística Aplicada e Nova Retórica, atuando principalmente nos seguintes temas: gêneros textuais, ensino de língua materna, discurso do outro, texto acadêmico, argumentação, representações discursivas, responsabilidade enunciativa. Tem participado de eventos locais, regionais, nacionais e internacionais na área de Letras, Linguística Textual e Linguística Aplicada.

Publicado
18-08-2020
Como Citar
DA SILVA, A. A. Os direitos humanos em conflito:. Revista Odisseia, v. 5, n. 2, p. p. 18-38, 18 ago. 2020.
Seção
Várias