Linguagem e construção de sentido: o dialogismo como característica base da interação verbal

Palavras-chave: Enunciado. Construção de sentido. Marcas dialógicas.

Resumo

Partindo de um entendimento de linguagem social, neste trabalho, trazemos o conceito de dialogismo à discussão, por entender que é o diálogo entre diferentes instâncias enunciativas que dá sustentação à interação verbal. Assim, este texto se caracteriza como sendo uma reflexão de natureza teórica e, nele, discutimos as diferentes marcas dialógicas que se evidenciam por meio de enunciados. Para esta discussão, apoiamo-nos na compreensão de linguagem do Círculo (de Bakhtin) e buscamos apresentar de forma separada essas diferentes marcas, mesmo sabendo que elas se apresentam de forma imbricadas nos enunciados da comunicação real. A partir disso, foi possível apresentar de forma didatizada as diferentes marcas dialógicas dos enunciados: a orientação social, para o outro; a presença de diferentes vozes sociais que dialogam ou se conflitam; a materialização do enunciado enquanto elo entre os já-ditos e a presunção de respostas; a adequação ao contexto enunciativo, e as marcas valorativas/emotivo-volitivas/axiológicas do sujeito em relação ao objeto da enunciação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andre Cordeiro dos Santos, Universidade Federal de Alagoas
Doutorando em Letras-linguística pela Universidade Federal de Alagoas. Mestre em Linguística pela Universidade federal de Pernambuco. Possui Graduação em Letras Português-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco, na Unidade Acadêmica de Garanhuns. Interessa-se por temáticas ligadas ao ensino de língua, ao uso das Novas Tecnologias de Informação e à interação na perspectiva da análise/teoria dialógica do discurso.
Publicado
11-06-2016
Como Citar
DOS SANTOS, A. C. Linguagem e construção de sentido: o dialogismo como característica base da interação verbal. Revista Odisseia, n. 15, p. p. 18-30, 11 jun. 2016.
Seção
Artigos