Arendt e as revoluções: a república à luz do conceito de liberdade política

  • João Pedro Andrade de Campos Doutorando em filosofia pela UFG
Palavras-chave: Liberdade, República, Revolução

Resumo

Arendt não se dedicou a esmiuçar algumas das nuances históricas das Revoluções Americana e Francesa em sua obra, pois esse não era o seu objetivo, como ela mesma diz em Sobre a revolução. Outrossim, a empreitada da autora era a de se debruçar sobre os desdobramentos e implicações dos eventos em questão. Ela afirmava se interessar pelas questões iminentemente políticas ali postas. Neste artigo, iremos buscar percorrer essa indicativa proposta pela autora. Deste modo, e com a consciência de que o tema gera, ainda, grandes polêmicas, nosso recorte se dá pela perspectiva da relação entre os conceitos de liberdade política e república, tendo como fio condutor os eventos de Sobre a revolução.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
31-01-2020
Como Citar
ANDRADE DE CAMPOS, J. P. Arendt e as revoluções: a república à luz do conceito de liberdade política. Princípios: Revista de Filosofia (UFRN), v. 27, n. 52, p. 237-263, 31 jan. 2020.