Expressão de intensidades: uma leitura sobre o conceito de essência na Ética de Espinosa

Palavras-chave: Espinosa; Essência; Monismo.

Resumo

Considerando que tradicionalmente compreende-se essência como aquilo que a natureza da coisa é e sem a qual a coisa deixa de ser o que é, levanta-se nesse artigo uma questão que necessita de esclarecimento, a saber, como o pensamento espinosista na Ética pode considerar que a substância única pode ser sujeito de infinitos atributos realmente distintos entre si, e que são responsáveis por dar, cada um a seu modo, a essência dessa substância sem incorrer numa concepção contraditória de que a substância única, apesar de única, tem infinitas naturezas? Essa questão motiva as discussões levantadas nesse artigo que tem como objetivo investigar e oferecer uma interpretação acerca da noção de essência na a partir da Ética de Espinosa.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
30-09-2021
Como Citar
PINHEIRO DE OLIVEIRA, F. Expressão de intensidades: uma leitura sobre o conceito de essência na Ética de Espinosa. Princípios: Revista de Filosofia (UFRN), v. 28, n. 57, p. 143-157, 30 set. 2021.