O compatibilismo teleológico de Leibniz: da ação livre ao livre arbítrio

Palavras-chave: Liberdade, Determinismo, Compatibilismo, Inteligência, Contingência, Teleologia

Resumo

Este artigo pretende reconstruir as principais decisões teóricas que caracterizam o conceito leibniziano de liberdade. Adota-se como método o confronto dialógico entre as concepções mais influentes em torno da problemática conciliação entre o paradigma mecanicista e matematizado do universo e a liberdade. Sob a influência do modelo mecanicista, influentes filósofos modernos reduziram o problema do livre arbítrio ao problema da livre ação. Hobbes, Locke e Hume identificaram a liberdade com a espontaneidade e a autonomia, consolidando um compatibilismo mecânico. Leibniz recepciona as noções de autonomia e espontaneidade. No entanto, A liberdade leibniziana, ao implicar também a inteligência e a contingência, introduz a teleologia no discurso compatibilista. Leibniz reassume a noção de livre arbítrio conciliando-a com a rejeição da libertas indifferentiae.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Freire, sem afiliação

Doutor em Filosofia pela Universidade de Coimbra.

Referências

BOTTERILL, George. Hume on Liberty and Necessity. In: MILLICAN, P. Reading Hume on Human Understanding. Oxford: Clarendon Press, 2002.
BRAMHALL, Jhon. A Defence of True Liberty. In: CHAPPEL, Vere. Hobbes and Bramhall on Liberty and Necessity. Massachusetts: Cambridge University Press, 1999.
BRAMHALL, Jhon. Bramhall’s discourse of liberty and necessity. In: CHAPPEL, Vere. Hobbes and Bramhall on Liberty and Necessity. Massachusetts: Cambridge University Press, 1999.
FRANKFURT, Harry G. Alternative Possibilities and Moral Responsibility. The Journal of Philosophy, Vol. 66, No. 23. (Dec. 4, 1969), pp. 829-839.
HIRATA, Celi. Leibniz e Hobbes: causalidade e princípio de razão suficiente. Tese doutoral. Faculdade de Filosofia, Universidade de São Paulo São Paulo: p. 262, 2012.
HOBBES, Of Liberty and Necessity. In: CHAPPEL, Vere. Hobbes and Bramhall on Liberty and Necessity. Massachusetts: Cambridge University Press, 1999.
HOBBES, Leviatã ou matéria, forma e poder de uma república eclesiástica e civil. Tradução: João Paulo Monteiro e Maria Beatriz Nizza da Silva. São Paulo: Martins Fontes, 2003.
HOBBES, British Moralists 1650-1800. Vol. 1. D.D. Raphael. Indiana: Hackett Publishing Company, 1991.
HUME, David. An Enquiry Concerning Human Understanding and Other Writings. Cambridge: Cambridge University Press, 2007.
HUME, David. Tratado da Natureza Humana. Uma tentativa de introduzir o método experimental de raciocínio nos assuntos morais. Tradução: Déborah Danowsk. São Paulo: Editora Unesp, 2001.
KANE, Robert. Acting of one’s own free will: modern reflections on an ancient philosophical problem. Proceedings of the Aristotelian Society, Volume 114, Issue 1, April 2014, pp. 35-55.
KANT, IMMANUEL. Crítica da Razão Prática. Tradução, introdução e notas de Valério Rohden. Edição bilíngue. São Paulo: Martins Fontes, 2003.
LOCKE, John. An Essay Concerning Human Understanding. Londres: Printed by Eliz. Holt, 1690.
LOCKE, John. Ensaio Acerca do Entendimento Humano. Tradução de Anoar Aiex. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1999.
LEIBNIZ, Gottfried Wilhelm. Confessio Philosophi – La profession de foi du Philosophe. Paris: Ed. Vrin, 1970.
LEIBNIZ, Gottfried Wilhelm. Conversación con el obispo Stenon acerca de la libertad. In: Escritos em torno a la libertad, el azar y el destino. Traducción de Roberto Rodrigues Aramayo y Concha Roldán Panadero. Madrid: Editorial Tecnos, 1990.
LEIBNIZ, Gottfried Wilhelm. Del Destino. In: LEIBNIZ, Gottfried Wilhelm. Escritos en torno a la libertad, el azar y el destino. Traducción de Roberto Rodrigues Aramayo y Concha Roldán Panadero. Madrid: Editorial Tecnos, 1990.
LEIBNIZ, Gottfried Wilhelm. Discurso de Metafísica. In: Discurso de metafísica e outros textos. Tradução de Marilena Chauí. São Paulo: Martins Fontes, 2004.
LEIBNIZ, Gottfried Wilhelm. Ensaios de teodiceia sobre a bondade de Deus, liberdade do homem e a origem do mal. Tradução e notas de Willian Siqueira Piauí e Juliana Cecci Silva. São Paulo: Estação Liberdade, 2017.
LEIBNIZ, Gottfried Wilhelm. Novos ensaios sobre o entendimento humano. Tradução de Luiz João Baraúna. São Paulo: Abril Cultural, 1980.
LEIBNIZ, Gottfried Wilhelm. Os Princípios da Filosofia ou a Monadologia. In: Discurso de metafísica e outros textos. Tradução de Alexandre da Cruz Bonilha. São Paulo: Martins Fontes, 2004.
LEIBNIZ, Gottfried Wilhelm. Reflexões sobre a obra que o sr. Hobbes publicou em inglês, sobre a liberdade, a necessidade e o acaso. Trans/Form/Ação, São Paulo, 30(2), 2007, pp. 261-272.
LEIBNIZ, Gottfried Wilhelm. Réfutation inédite de Spinoza par Leibniz. Paris: A. Foucher de Careil, 1854.
LEIBNIZ, Gottfried Wilhelm. Sobre la libertad, la contingencia y la providencia. In: Escritos em torno a la libertad, el azar y el destino. Tradución de Roberto Rodrígues Aramayo y Concha Roldán Panadero. Madrid: Editorial Tecnos, 1990.
LEIBNIZ, Gottfried Wilhelm. Segunda Carta a Clarke. In: La Polemica Leibniz-Clarke. Edición y traducción de Eloy Rada. Madrid: Taurus Ediciones, 1980a.
MARQUES, Edgar. Possibilidade, compossibilidade e incompossibilidade em Leibniz. Kriterion, 109, 2004, pp. 175-187.
OLIVA, Luís César. Vontade divina e contingência na correspondência Leibniz-Arnauld. Síntese – Revista de Filosofia, Belo Horizonte, V. 34, n. 108 (2007), pp. 101-114.
ROLDÁN, Concha. La salida leibniziana del labirinto de la libertad. In: LEIBNIZ, Gottfried Wilhelm. Escritos en torno a la libertad, el azar y el destino. Traducción de Roberto Rodrigues Aramayo y Concha Roldán Panadero. Madrid: Editorial Tecnos, 1990.
SCHNEEWIND, J. B. Locke’s Moral Philosophy. In: The Cambridge Companion to Locke. Edited by Vere Chappell. Cambridge: Cambridge University Press, 1994.
TUGENDHAT, Der Begriff der Willensfreiheit. In: Cramer, Konrad. et al. Theorie der Subjektivität. Frankfurt am Main: Suhrkamp, 1987.
WOOD, Allen. Kant’s Compatibilism. In: Kant’s Critique of Pure Reason: critical essays. Rowman e Littlefield, 1998.
WROBLEWSKI, Igor. Zwei verschiedene Kompatibilismen. Berlin: LIT Verlag, 2014.
Publicado
30-09-2021
Como Citar
FREIRE, F. O compatibilismo teleológico de Leibniz: da ação livre ao livre arbítrio. Princípios: Revista de Filosofia (UFRN), v. 28, n. 57, p. 103-130, 30 set. 2021.