Fenomenologia e formalismo em Francis Ponge

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/1983-2109.2022v29n60ID26044

Palavras-chave:

Fenomenologia; Poesia; Formalismo; Francis Ponge; Merelau-Ponty

Resumo

Este ensaio considera a obra poética de Francis Ponge a partir do debate entre dois movimentos teóricos: a fenomenologia e o formalismo. A partir de certa chave de interpretação proveniente da linguística estrutural, a fenomenologia não constitui um referencial teórico válido para a obra de Francis Ponge. Considerando o teor das críticas à fenomenologia provenientes do estruturalismo, este ensaio explora algumas iniciativas de respostas motivadas pela fenomenologia de Merleau-Ponty. A partir do nó górdio ou elo intrínseco entre as palavras e as coisas, nota-se que ambos os movimentos teóricos participam da composição poética do autor de O Partido das Coisas. Ao rebater as críticas do formalismo, a fenomenologia ganha um papel constitutivo na composição poética. Trata-se de explorar uma alternativa válida e conciliadora entre a fenomenologia e o formalismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiano Perius, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Professor associado no Departamento de Filosofia da Universidade Estadual de Maringá

Referências

ALLOA, Emmanuel. “Escritura, encarnação, temporização: Merleau-Ponty e Derrida acerca de A Origem da Geometria”. In: Dois Pontos. Vol 9. Número 1. Curitiba/São Carlos, Abril de 2012.

COLLOT, Michel. Francis Ponge entre mots et choses. Paris: Camp Vallon, 1991.

DERRIDA, Jacques. A Escritura da diferença. Tradução de Maria Beatriz da Silva. São Paulo: Perspectiva, 1995.

HUSSERL, Edmund. Idées directrices pour une phénoménologie. Trad. Paul

Ricœur. Paris: Gallimard, 1950.

LÉVY, Sydney. Francis Ponge: de la conaissance en póesie. Paris : Presses Universitaires de Vincennes, 1990.

MALDINEY, Henry. Le Legs des choses dans l´Oeurve de Francis Ponge. Paris : Editions l´Age d´Homme, 1974.

MERLEAU-PONTY, Maurice. “A dúvida de Cézanne”. In: Textos Escolhidos. Tradução de Nelson Alfredo Aguilar. São Paulo: Abril Cultural, 1984.

_____. A prosa do mundo. Tradução de Paulo Neves. São Paulo: Cosac e Naify, 2002.

PIERROT, Jean. Francis Ponge. Paris : Ed. José Corti, 1993.

PONGE, Francis, Œuvres complètes I. Paris: Gallimard, 1999. (Bibliothèque de la Pléiade)

_____. Œuvres complètes II. Paris: Gallimard, 2002. (Bibliothèque de la Pléiade)

_____. Cahier de l´Herne. Vol.51. Org de J.-M. Gleize. Paris: L´Herne/Fayard, 1986.

SAUSSURE, Ferndinand. Cours de linguistique générale. Editado por Charles Bally e Albert Sechehaye. Notas críticas de Tullio de Mauro. Paris: Payot, 2005.

Downloads

Publicado

25-11-2022

Como Citar

PERIUS, C. Fenomenologia e formalismo em Francis Ponge. Princípios: Revista de Filosofia (UFRN), [S. l.], v. 29, n. 60, p. 283–295, 2022. DOI: 10.21680/1983-2109.2022v29n60ID26044. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/principios/article/view/26044. Acesso em: 29 maio. 2024.