Nossas Verdades, Nossas Criações

  • Fernanda Machado de Bulhões

Resumo

 

Este breve ensaio tem como objetivo apresentar, em linhas gerais, alguns aspectos da critica de Nietzsche à nocáo de verdade. Partindo do principio de que a razáo náo é uma fiel representaçáo do estatuto ontologico, ja que o pensamento racional é uma instancia que nasce das relaçáoes de forcas instintivas, para Nietzsche a racionalidade náo descobre a verdade, ela inventa uma: a sua verdade. Assim sendo, por mais que ofereca demonstraçoes logicas, a razáo náo é capaz de sustentar uma verdade universal, mesmo porque como poderia uma coisa ser sustentada por ela propria?

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
03-10-2010
Como Citar
BULHÕES, F. M. DE. Nossas Verdades, Nossas Criações. Princípios: Revista de Filosofia (UFRN), v. 5, n. 06, p. 89-93, 3 out. 2010.