ENTRE A IMAGEM E O SIGNO: NOTAS SOBRE NIETZSCHE, A LINGUAGEM E A TRADIÇÃO DIALÉTICA

  • Erick Lima Universidade de Brasília
Palavras-chave: Hegel, Nietzsche, Adorno, Gadamer, Dialética, Linguagem

Resumo

Persigo aqui o objetivo de contribuir à recuperação da
interlocução entre Nietzsche e a tradição dialética. A despeito da
ideia de registros teóricos incompatíveis, procuro sublinhar as
preocupações comuns e o possível benefício recíproco nessa
interlocução. A diretriz fundamental consiste na visualização da
capacidade de a linguagem se tensionar entre a mediação simbólica
das formas de vida e a expressividade das vivências singularizadas.
Primeiramente, proponho uma interpretação das reflexões de
Nietzsche sobre a linguagem no sentido de detectar aí uma
instigante polarização entre conceito e intuição (1). Em seguida,
mostro como Adorno desenvolve esse tema no sentido de uma
concepção dialética de linguagem (2). Finalmente, apoiando-me em
Hegel e Gadamer, gostaria de indicar como a tradição dialética
logra responder ao desafio nietzschiano do inacabamento do
sentido poético (3).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
14-07-2015
Como Citar
LIMA, E. ENTRE A IMAGEM E O SIGNO: NOTAS SOBRE NIETZSCHE, A LINGUAGEM E A TRADIÇÃO DIALÉTICA. Princípios: Revista de Filosofia (UFRN), v. 20, n. 34, p. 189-216, 14 jul. 2015.