Ipseidade e alteridade na dimensão da linguagem e da intercorporeidade em Merleau-Ponty [Ipseity and alterity in the dimension of language and intercorporeality in Merleau-Ponty]

  • Renato dos Santos Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR.
Palavras-chave: Ipseidade, alteridade, linguagem, intercorporeidade.

Resumo

Este artigo investiga o problema da relação entre o eu e o outro no “segundo” Merleau-Ponty, mais exatamente a partir da perspectiva da linguagem e da intercorporeidade. Mostraremos de que maneira, após superar o fantasma de uma linguagem pura, torna-se possível pensar uma linguagem que comporte significações inéditas através da expressividade da fala. As significações de outrem já não se apresentam mais como “equivocadas”, uma vez que não há mais uma nomenclatura que venha determinar previamente os significados. Considerando que eu e o outro estamos amarrados em um único “drama carnal”, avisto o outro assim como avisto meu próprio corpo. Daí que um simples gesto é suficiente para me descentrar da posição absoluta que acreditava ter. Igualmente isso ocorre na linguagem, na medida em que em meu horizonte de significações já não são absolutas, as significações de outrem “invadem” meu campo, e eu o dele, de modo que a linguagem destrói o abismo que separa aquilo que tem sentido e do que não tem sentido para mim, ou de mim como sujeito e do outro como objeto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renato dos Santos, Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR.
Mestrando (Bolsista CAPES) do Programa de Pós-Graduação em Filosofia.

Referências

ALVARENGA, Rodrigo. Fenomenologia da linguagem e intersubjetividade em Merleau-Ponty. Natureza Humana. São Paulo, v. 16, n. 1, jan.-jun. 2014, p. 37-54.

CARDIM, Leandro Neves. “A ebulição na massa d’água” ou a linguagem segundo Merleau-Ponty. Doispontos. Curitiba; São Carlos, v. 9, n. 1, abr. 2012, p. 35-69.

FERRAZ, Marcus Sacrini Ayres. Fenomenologia e ontologia em Merleau-Ponty. São Paulo: Papirus, 2009.

GADET, Françoise. Saussure: une science du langage. Paris: PUF, 1990.

MADISON, Gary Brent. La phénoménologie de Merleau-Ponty: une recherché des limites de la conscience. Paris: Klincksieck, 1973.

MERLEAU-PONTY, Maurice. O primado da percepção e suas conseqüências filosóficas. Campinas: Papirus, 1990.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Signos. São Paulo: M. Fontes, 1991.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Notes de cours: (1959-1961). Paris: Gallimard, 1996.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Parcours deux: (1951-1961). Paris: Verdier, 2000.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Psicologia e pedagogia da criança: curso da Sorbonne. São Paulo: M. Fontes, 2006.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Fenomenologia da percepção. São Paulo: M. Fontes, 2011.

MERLEAU-PONTY, Maurice. A prosa do mundo. São Paulo: Cosac Naify, 2012.

MERLEAU-PONTY, Maurice. O visível e o invisível. 4. ed. São Paulo: Perspectiva, 2014.

MOUTINHO, Luiz Damon Santos. Razão e experiência: ensaio sobre Merleau-Ponty. Rio de Janeiro: Unesp, 2006.

ORLANDI, Eni Puccinelli. As formas do silêncio: no movimento dos sentidos. Campinas: Unicamp, 1997.

PERIUS, Cristiano. O trabalho do negativo: linguagem e ontologia em Saussure e Merleau-Ponty. Tras/Form/Ação. Marília, v. 36, n.03, set.-dez. 2013, p. 69-108.

SAUSSURE, Ferdinand. Curso de lingüística geral. São Paulo: Cultrix, 2006.

Publicado
16-12-2016
Como Citar
SANTOS, R. DOS. Ipseidade e alteridade na dimensão da linguagem e da intercorporeidade em Merleau-Ponty [Ipseity and alterity in the dimension of language and intercorporeality in Merleau-Ponty]. Princípios: Revista de Filosofia (UFRN), v. 23, n. 42, p. 61-97, 16 dez. 2016.