MORTALIDADE POR COVID-19 NA REGIÃO NORDESTE DO BRASIL ENTRE 2020 E 2021: UM ESTUDO ECOLÓGICO

Autores

  • Larissa Beatriz Francisca de Souza UFRN
  • Maria de Lourdes Alves da Cruz UFRN
  • Ketyllem Tayanne da Silva Costa UFRN
  • Thiffany Nayara Bento de Morais UFRN
  • Fábia Barbosa de Andrade UFRN

DOI:

https://doi.org/10.21680/2446-7286.2023v9n3ID29206

Resumo

Introdução: A pandemia do COVID-19 foi responsável por um número significativo de mortes em todo o mundo. No Brasil, o país atingiu o terceiro lugar no ranking mundial em número de casos, em um curto período de tempo. A região nordeste por sua vez apresenta altas taxas de incidência e mortalidade. Objetivo: Analisar a mortalidade por COVID-19 na região Nordeste do Brasil entre os anos de 2020 e 2021. Metodologia: Trata-se de um estudo ecológico, retrospectivo com abordagem quantitativa, utilizando dados secundários, disponíveis no Portal de Transparência do Registro Civil, considerando os registros das Semanas Epidemiológicas (SE). Foram incluídas as variáveis: quantidade de óbitos, sexo, faixa etária, estados e semana epidemiológica. Resultados: Observou-se a ocorrência de dois picos acentuados de óbito durante as SE 18ª e 30ª e 7ª e 25, nos anos de 2020 e 2021, respectivamente. O estado do Ceará manteve os maiores índices nas duas curvas, seguido da Paraíba e Sergipe. Quanto a faixa etária, a população idosa foi mais acometida e prevaleceu os óbitos entre sexo masculino. Conclusões: Os dados mostraram a magnitude da pandemia na região nordeste, fornecendo informações para subsidiar possíveis medidas sanitárias pelas autoridades competentes.

Palavras-Chave: Covid-19; Região Nordeste; Mortalidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

26-12-2023

Como Citar

SOUZA, L. B. F. de; CRUZ, M. de L. A. da; COSTA, K. T. da S. .; MORAIS, T. N. B. de; ANDRADE, F. B. de. MORTALIDADE POR COVID-19 NA REGIÃO NORDESTE DO BRASIL ENTRE 2020 E 2021: UM ESTUDO ECOLÓGICO. Revista Ciência Plural, [S. l.], v. 9, n. 3, p. 1–13, 2023. DOI: 10.21680/2446-7286.2023v9n3ID29206. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/rcp/article/view/29206. Acesso em: 14 abr. 2024.