OBSERVATÓRIO NACIONAL DA DENGUE - SISTEMA PARA MONITORAMENTO DE CASOS DE DENGUE
PDF [1-14]

Como Citar

da Silva Barros, D., Morais, P., Paiva, J., Lima, J., & Silva, J. (2014). OBSERVATÓRIO NACIONAL DA DENGUE - SISTEMA PARA MONITORAMENTO DE CASOS DE DENGUE. Revista Brasileira De Inovação Tecnológica Em Saúde - ISSN:2236-1103, 3(4). https://doi.org/10.18816/r-bits.v3i4.3534

Resumo

A dengue é um dos principais problemas de saúde pública no mundo, várias ações têm sido tomadas ao longo dos anos no combate a essa doença, e a utilização da Tecnologia da Informação pode ser uma grande aliada para alcançar esse objetivo. Dentro deste contexto, o Projeto Observatório Nacional da Dengue está inserido dentro das ações do Projeto Telessaúde, tendo por objetivo monitorar e ajudar a população e o Gestor Público no Combate à Dengue. Sendo assim, o presente trabalho tem por objetivo desenvolver um sistema que possibilite o monitoramento dos focos da dengue em tempo real, e como também, oferecer uma ferramenta que agilize o trabalho de campo do Agente de Endemias. Para a realização desse projeto foi necessário projetar uma arquitetura que possibilitasse a comunicação entre as informações coletadas pelo dispositivo móvel, o portal e o servidor, que é responsável pelo recebimento das informações.
https://doi.org/10.18816/r-bits.v3i4.3534
PDF [1-14]

Referências

ANDROID. Android App Framework. Disponível em http://developer.android.com/about/versions/index.html. Acesso em: março/2013

ARAÚJO, B. G. de. Modelo Arquitetural de Comunicação para Monitoramento de Pacientes Baseado em Middleware, Computação Móvel e Ubíqua. 2010. 72 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Elétrica e Computação) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.

BERNARDI, J.V.E ; LANDIM, P.M.B. Aplicação do Sistema de Posicionamento Global (GPS) na coleta de dados. DGA, IGCE, UNESP/Rio Claro, Lab. Geomatemática, Texto Didático 10, 31 pp. 2002. Disponível em http://www.rc.unesp.br/igce/aplicada/textodi.html. Acesso em: janeiro/2013.

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, Secretaria de Ciência. Tecnologia e Insumos Estratégicos, Ministério da Saúde. Tecnologia. Rede Dengue : inovação da abordagem e da gestão em pesquisa à saúde. v. 44, n. 6, p. 1159-1163, 2010.

DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA. Ministério da Saúde. Diretrizes Nacionais para a Prevenção e Controle de Epidemias de Dengue. Brasília, 2009. Disponível em: http://www.matrizes.usp.br/index.php/matrizes/article/view/29/43. Acesso em: fevereiro /2013.

DONALÍSIO, M. R; GLASSER, C. M. Vigilância Entomológica e Controle de Vetores do Dengue. Rev. Bras. Epidemiol, v. 5, p. 259-272, 2002.

FARIAS, E. S. de; CANDEIAS, A. L. B. Desenvolvimento de um Sistema de informações Geográficas para Navegação de Informações sobre a Dengue. III Simpósio Brasileiro de Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação. Recife - PE, 27-30 de Julho de 2010, p. 001 de 003.

GIOVANELLA, L. Atenção Primária à Saúde. In: Políticas e Sistema de Saúde no Brasil. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2008. Parte IV, pag. 575 a 626

Introdução a Banco de Dados. Disponível em: http://www.ime.usp.br/~jef/apostila.pdf.

KUROSE, J. F; ROSS, K. W. Redes de Computadores e a Internet: uma abordagem top-down. Ed. Pearson Education, 5 ed.

LECHETA, R. R. Google Android: Aprenda a criar aplicações para dispositivos móveis com o Android SDK. 2 ed. São Paulo, Novatec, 2010.

LEMOS, A. Cidade e mobilidade. Telefones celulares, funções pós-massivas e territórios informacionais. Matrizes, v1, n1, 2007.

M. G. N. M. da Silva, V. C. Casé, M. A. B. Rodrigues e R. E. de Araújo. Sistema de Informação Geográfica Para o Auxílio ao Controle da Dengue. XXIII Congresso Brasileiro em Engenharia Biomédica – CBEB, 2012.

MANUAL DE NORMAS TÉCNICAS. Instruções para Pessoal de Combate ao Vetor. Fundação Nacional da Saúde, Brasília – DF, 2001.

MANUAL DE RECONHECIMENTO GEOGRÁFICO. Secretaria de Estado da Saúde. Palmas - TO, 2007.

MANUAL TÉCNICO PADRONIZAÇÃO DAS AÇÕES PARA CONTROLE VETORIAL DA DENGUE. Secretaria Municipal de Saúde – SMSA. Belo Horizonte, 2009.

MENEGOTTO, A. B.; MIERLO, F. A linguagem Ruby. Disponível em http://menegotto.com/articles/ruby.pdf . Acesso em: janeiro/2013.

MORO, T. D.; DORNELES, C.; REBONATTO, M. T. Web Services WS-* versus Web Services REST. Revista de Iniciação Cientifica. v 11, n.1. 2011. Disponível em http://seer.ufrgs.br/reic/article/view/22140 Acesso em: janeiro/ 2013

NASCIMENTO, P. S. de R.; PETTA, R. A. Uso de Sistema de Informação Geográfica na dispersão de casos de dengue no Estado do Rio Grande do Norte. Anais XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, Curitiba, PR, Brasil, 30 de abril a 05 de maio de 2011, INPE p.8421.

PAULA, E. V.; DEPPE, F. SIG-Dengue: Sistema de Informações Geográficas para o monitoramento e controle da dengue no estado do Paraná. Anais XII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, Goiânia, Brasil, 16-21 abril 2005, INPE, p. 2309-2311.

SBIS, Sociedade Brasileira de Informática na Saúde. O que é informática na Saúde. 2013. Disponível em http://www.sbis.org.br/indexframe.html. Acesso em: janeiro/2013.

TAKAI, O. K.; ITALIANO, I. C; FERREIRA, J E.

TOBALDINI, R. G. Arquitetura REST: um estudo de sua implementação em linguagens de programação. 2007. Monografia. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA, Florianópolis, 2006.

VOTANO, JR; PARHAM, M; HALL, LH. Arquitetura AAA em Sistema Web Baseados em REST. p. 1-7, 2004. Disponível em: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/cbdv.200490137/abstract. Acesso em: janeiro/2013.

Downloads

Não há dados estatísticos.