GASTOS PÚBLICOS, INFLAÇÃO E DESEMPREGO NA LEI DE OKUN: UMA ANÁLISE SOBRE ALGUNS PAÍSES DA ZONA DO EURO NO LIMIAR DO SÉCULO XXI

Autores

  • Wiliam Gledson Silva
  • Pâmela Zaires Souza Viana Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.21680/2316-5235.2021v10n1ID20435

Resumo

Este artigo teve o objetivo de analisar, comparativamente, a influência dos gastos públicos sobre a inflação e desemprego na Alemanha, França, Espanha, Grécia, Itália e Portugal, a partir da adaptação conceitual da Lei de Okun, no período 2000/2012. Metodologicamente, usou-se amostragem e estatísticas descritivas para medir o comportamento da inflação e desemprego em relação aos gastos públicos dos países considerados. Finalmente, os resultados mostraram que houve diferenças econômicas entre os países estudados, além da hipótese de repercussões políticas sobre o Banco Central Europeu (BCE) em relação à política econômica da área.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

17-03-2021

Como Citar

SILVA, W. G. .; ZAIRES SOUZA VIANA, P. . GASTOS PÚBLICOS, INFLAÇÃO E DESEMPREGO NA LEI DE OKUN: UMA ANÁLISE SOBRE ALGUNS PAÍSES DA ZONA DO EURO NO LIMIAR DO SÉCULO XXI. Revista de Economia Regional, Urbana e do Trabalho, [S. l.], v. 10, n. 1, p. 49–63, 2021. DOI: 10.21680/2316-5235.2021v10n1ID20435. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/rerut/article/view/20435. Acesso em: 13 ago. 2022.