Caracterização do terraço de abrasão da falésia da Baronesa e sua utilização na cidade de Alcântara – MA

Autores

  • Carlos Henrique Santos da Silva

DOI:

https://doi.org/10.21680/2447-3359.2016v2n0ID10439

Resumo

O presente trabalho faz um estudo a respeito do terraço de abrasão da falésia da Baronesa e sua utilização na cidade de Alcântara, Maranhão. A zona costeira do município é caracterizada pela presença de um conjunto singular de terraços de abrasão que são feições geomorfológicas desgastadas pelos agentes oceanográficos, sendo constituídos por diversos materiais. Na área de estudo o terraço de abrasão é formado por material solto, constituído por arenitos ferruginosos e dolomitos, sendo o clima, a geologia e os agentes oceanográficos os principais responsáveis por sua morfogênese e morfodinâmica. Sua constituição geológica está relacionada à Formação Barreiras e ao Membro Alcântara da Formação Itapecuru. O objetivo deste trabalho foi o de apresentar uma caracterização sobre essa feição e identificar sua exploração e uso na cidade de Alcântara. Para a realização desta pesquisa utilizou-se a revisão da literatura, trabalho de campo para a observação in situ da feição, aplicação de ficha de campo e entrevistas com pescadores. Os terraços de abrasão são feições geomorfológicas de grande importância, pois são balizadores de amplas pesquisas, desde evidências de oscilações do nível do mar até planejamento turístico e inter-relação com outras feições geomorfológicas presentes na zona costeira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

27-10-2016

Como Citar

SILVA, C. H. S. da. Caracterização do terraço de abrasão da falésia da Baronesa e sua utilização na cidade de Alcântara – MA. Revista de Geociências do Nordeste, [S. l.], v. 2, p. 181–190, 2016. DOI: 10.21680/2447-3359.2016v2n0ID10439. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revistadoregne/article/view/10439. Acesso em: 23 fev. 2024.