Anomalias das temperaturas máximas do ar na cidade de Patos, Paraíba

  • Guilherme Barroca Marques

Resumo

Este artigo possui o objetivo de analisar a periodicidade das anomalias identificadas na série das temperaturas máximas do ar da cidade de Patos no período de 2010 a 2014. As anomalias foram classificadas de acordo com a sua duração (comprimento) e sua gravidade térmica (amplitude e intensidade). A princípio, estabeleceu-se anomalias com duração de 3 dias, 4 dias e ≥ 5 dias, as quais foram classificadas segundo à sua amplitude (Alta, Moderada e Baixa), assim como à sua intensidade térmica (Forte, Moderado e Fraco). Um total de 110 anomalias fora identificado. Desse valor, 52 anomalias encontra-se na faixa de duração ≥ 5 dias. Os valores máximos de amplitude e intensidade térmica da série foram encontrados para as anomalias com duração ≥ 5 dias.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
27-10-2016
Como Citar
MARQUES, G. B. Anomalias das temperaturas máximas do ar na cidade de Patos, Paraíba. Revista de Geociências do Nordeste, v. 2, p. 613-622, 27 out. 2016.