Caracterização da Mineração e do Potencial Mineral do Município de Caicó-RN a Partir de Técnicas de Sensoriamento Remoto

Autores

  • Luana Carla Mariz da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Saulo Roberto de Oliveira Vital
  • Clistenes Teixeira Batista

DOI:

https://doi.org/10.21680/2447-3359.2017v3n2ID12509

Resumo

Os recursos naturais são de fundamental importância para vida humana, dentre eles, os recursos minerais têm grande utilidade econômica e aplicações diversas. A presente pesquisa tem como objetivo caracterizar a mineração e identificar o potencial mineral do município de Caicó (RN), através do mapeamento das áreas mais propicias à concentração de determinadas substâncias, utilizando dados de processos minerários pré-existentes, relacionando-os com dados obtidos a partir de sensores orbitais. Para isso, foram utilizadas imagens do TM/LANDSAT, aplicando a técnica de operação razão de bandas, tendo como resultado o realce das substâncias de interesse. Logo, foi possível identificar a ocorrência de óxido de ferro e argila e relacioná-las com a geologia local. A comparação entre as unidades geológicas e as substâncias identificadas mostra bastante coerência dos resultados.

 

Palavras-chave: Potencial Mineral; Sensoriamento Remoto; Município de Caicó-RN.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Angelim, L. A. A.; Nesi, J. R.; Torres, H. H. F.; Medeiros, V. C.; Santos, C.A.; Junior, J. P. V. & Mendes, V. A. 2006. Geologia e Recursos Minerais do Estado do Rio Grande do Norte: Texto Explicativo dos Mapas Geológicos e Recursos Minerais do Estado do Rio Grande do Norte. CPRM/SEDEC-RN/FAPERN. Recife, 119 p.

Angelim, L. A. A.; Nesi, J. R.; Torres, H. H. F.; Medeiros, V. C.; Santos, C.A.; Junior, J. P. V. & Mendes, V. 2006. Projeto Mapa Geológico e de Recursos Minerais do Estado do Rio Grande do Norte. Mapa Geológico do Rio Grande do Norte. Recife: CPRM/FAPERN. Escala 1:500.000.

Azeredo, T. Intemperismo. Educação Globo. Disponível em: http://educacao.globo.com/geografia/assunto/geografia-fisica/intemperismo.html. Acesso em: 22 Out 2016.

Branco, P. M. 1987. Dicionário de Mineralogia. São Paulo, Sagra. Disponível em: http://www.dnpm-pe.gov.br/Detalhes/Mineral.htm. Acesso em: 25 de Out. 2016.

Carvalho, P. S. L.; Silva, M. M da.; Rocio, M. A. R. & Moszkowicz, J. 2013. Minério de Ferro. BNDS.

Ferreira, C. A. & Santos, E. J. 2000. Programa Levantamento Geológico Básico do Brasil. Jaguaribe SE. Folha SB. 24-z. Estados do Ceará, Paraíba, Pernambuco Rio Grande do Norte. CPRM, Recife.

Harris Geospatial Solutions. Geology Indices Background. Disponível em: http://www.harrisgeospatial.com/docs/BackgroundGeologyIndices.html#Clay. Acesso em: 27 Ago 2016.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Cidades. Disponível em: http://www.cidades.ibge.gov.br/. Acesso em 25 de Out. 2016.

Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Catálogo de Imagens. Disponível em: http://www.dgi.inpe.br/CDSR/. Acesso em: 21 Set 2016.

Lima, A. H. S.; Silva, P. E. D. & Musse, N. S. 2012. A Situação Atual do Setor Mineral no Rio Grande do Norte e Suas Perspectivas de Futuro. In: VII Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação, Palmas/ Tocantins, 2012. Anais. 06p.

Pontes, J. C de.; Farias, M. S. S de. & Lima, V. L. A de. 2013. Mineração e Seus Reflexos Socioambientais: Estudo de Impactos de Vizinhança (EIV) Causados Pelo Desmonte de Rochas com Uso de Explosivos. Polêmica, v. 12, n1. Rio de Janeiro.

Pouchain, A. C. 2011. A Natureza Jurídica da Concessão de Lavra Mineral no Brasil. Universidade de Brasília, Monografia (graduação em Direito), 83p.

Serviço Geológico do Brasil (CPRM). 2005. Projeto Cadastro de Fonte de Abastecimento por Água Subterrânea Diagnóstico do Município de Caicó. Org. Mascarenhas et al. Recife: CPRM/PRODEEM.

Sistemas de Informações Geográficas (SIGMINE). Web map. DNPM. Disponível em: http://sigmine.dnpm.gov.br/webmap/. Acesso em 21 Jul 20016.

Downloads

Publicado

28-12-2017

Como Citar

MARIZ DA SILVA, L. C.; DE OLIVEIRA VITAL, S. R.; TEIXEIRA BATISTA, C. Caracterização da Mineração e do Potencial Mineral do Município de Caicó-RN a Partir de Técnicas de Sensoriamento Remoto. Revista de Geociências do Nordeste, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 43–54, 2017. DOI: 10.21680/2447-3359.2017v3n2ID12509. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revistadoregne/article/view/12509. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos