Mapeamento de áreas propensas ao risco ambiental no Município de Santa Rita (PB) pelo uso de Sistema de Informações Geográficas

Autores

  • Floriza Maria da Silva Pereira Universidade Federal da Paraíba
  • Silvânia Henrique de Araújo Universidade Federal da Paraíba
  • Camila Cunico Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.21680/2447-3359.2019v5n0ID17975

Resumo

As variáveis que envolvem o estudo de riscos ambientais são muitas e complexas, como importante ferramenta pedagógica nos estudos sobre esta temática tem-se o mapeamento de áreas propensas a ele pelo uso de Sistema de Informações Geográficas (SIG). O município de Santa Rita localizado no estado da Paraíba, entre os anos de 2002 e 2011 registrou duas ocorrências de enchentes de acordo com Plano Diretor de Proteção Civil, assim o presente trabalho teve como objetivo principal mapear as áreas propensas ao risco ambiental do município. A metodologia aplicada associa as cartografias digitais de clinografia, drenagem e setores censitários do Censo Demográfico de 2010 do Institulo Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Como resultado principal tem-se que metade do município de Santa Rita (49,1%) encontra-se em situação de insegurança ambiental “Muito Baixo” e “Baixo” localizados majoritariamente ao norte da cidade, já as maiores intensidades de risco ambiental “Muito Alto” e “Alto” (34,2%) localizam-se mais ao sul.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

06-06-2019

Como Citar

SILVA PEREIRA, F. M. da; HENRIQUE DE ARAÚJO, S.; CUNICO, C. Mapeamento de áreas propensas ao risco ambiental no Município de Santa Rita (PB) pelo uso de Sistema de Informações Geográficas. Revista de Geociências do Nordeste, [S. l.], v. 5, p. 78–90, 2019. DOI: 10.21680/2447-3359.2019v5n0ID17975. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revistadoregne/article/view/17975. Acesso em: 1 mar. 2024.