ESPACIALIZAÇÃO DAS CHUVAS EM UMA BACIA HIDROGRÁFICA NO SEMIÁRIDO DA PARAÍBA

  • Jeferson Mauricio Rodrigues Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Resumo

O semiárido nordestino do Brasil apresenta altas temperaturas associadas a baixos valores pluviométricos, que ocorrem de forma intensa e mal distribuída no espaço geográfico. Nessa perspectiva, existe a necessidade de compreensão da dinâmica das chuvas no perímetro seco no intuito de fundamentar as diversas formas de gestão dos recursos hídricos. No entanto, a disponibilidade de dados pluviométricos nessa região por vezes é escassa, o que implica a interpolação como meio de compreensão da distribuição ou espacialização das chuvas em diversos recortes espaciais. As análises quantitativas dos dados de chuva permitem compreender a dinâmica e relação com os principais sistemas de precipitação de determinada área de estudo. Sendo assim, o objetivo deste trabalho é quantificar e espacializar os dados de chuva correlacionando-os com os sistemas produtores de chuva entre um ano mais chuvoso e outro seco da bacia de drenagem do Alto Curso do Rio Piranhas, Semiárido (PB) entre janeiro de 1996 e dezembro de 2016. Dado o exposto, foi possível identificar que o ano de 2008 foi o mais chuvoso e 2012 o mais seco da série, e que a atuação da ZCIT varia interanualmente nos respectivos anos de acordo com a temperatura da TSM.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeferson Mauricio Rodrigues, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Bacharel em Geografia pela Universidade Federal da Paraíba. Atualmente cursando Mestrado e Licenciatura pela Universidade Federal da Paraíba. Faz parte do Grupo de Estudos em Ambientes Fluviais Semiáridos (GEAFS - UFPB) desde 2016. Atua principalmente nos seguintes temas: Geomorfologia Fluvial, Climatologia e Geomorfologia.

Publicado
16-05-2020
Como Citar
RODRIGUES, J. M. ESPACIALIZAÇÃO DAS CHUVAS EM UMA BACIA HIDROGRÁFICA NO SEMIÁRIDO DA PARAÍBA. Revista de Geociências do Nordeste, v. 6, n. 1, p. 28-35, 16 maio 2020.
Seção
Artigos