Uso do mapa de Declividade e do Modelo Digital de Elevação na análise do relevo do município de São Miguel do Tapuio – Piauí

Autores

  • Janaira Marques Leal Universidade Federal de Goiás
  • Claudia Maria Sabóia de Aquino Universidade Federal do Piauí
  • Francisco John Lennon Tavares da Silva Universidade Federal do Piauí

DOI:

https://doi.org/10.21680/2447-3359.2019v5n2ID18416

Resumo

A cartografia apresenta-se como uma importante ferramenta de representação do espaço geográfico, sendo possível abordar variadas temáticas em pesquisas relacionadas à análise do relevo. Neste sentido, a presente pesquisa constitui-se no uso dos mapas de Declividade e Modelo Digital de Elevação (MDE) na análise do relevo do município de São Miguel do Tapuio, onde estes apresentam eficácia no que concerne ao auxílio no ordenamento territorial. Utilizaram-se imagens SRTM para a elaboração dos referidos mapas. Para a definição das classes de declividade utilizou-se a metodologia da EMBRAPA (2009).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

01-10-2019

Como Citar

MARQUES LEAL, J.; MARIA SABÓIA DE AQUINO, C.; JOHN LENNON TAVARES DA SILVA, F. . Uso do mapa de Declividade e do Modelo Digital de Elevação na análise do relevo do município de São Miguel do Tapuio – Piauí. Revista de Geociências do Nordeste, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 97–107, 2019. DOI: 10.21680/2447-3359.2019v5n2ID18416. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revistadoregne/article/view/18416. Acesso em: 16 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos