Análise do uso e ocupação do solo em um ambiente úmido em meio ao semiárido cearense: Serra de Uruburetama

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2447-3359.2019v5n0ID18430

Resumo

O uso do solo no maciço residual de Uruburetama, associado ao aspecto agrícola e ambiental é possivel graças as características ambientais. As Serras de Uruburetama, abrange 973,43 km² estando localizada na região norte do Estado do Ceará. Como procedimento metodológico, foi realizado uma revisão literária para fundamentar o aspecto do relevo, e de suas características. Os resultados permitiem estabelecer, duas áreas denominadas de quadrante I e II, adequadas a compartimentação geomorfológica de (Topo, Vertente e Vale). Como considerações finais observou-se na relação entre os tipos de vertentes nas formas de cultivo repercutindo na alteração da paisagem associada a degradação agrícola, em razão da ausência de manejo adequado do solo e da água.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

18-10-2019

Como Citar

FALCÃO SOBRINHO, J.; RODRIGUES NASCIMENTO, J. N.; COSTA FALCÃO, C. L. Análise do uso e ocupação do solo em um ambiente úmido em meio ao semiárido cearense: Serra de Uruburetama. Revista de Geociências do Nordeste, [S. l.], v. 5, p. 42–53, 2019. DOI: 10.21680/2447-3359.2019v5n0ID18430. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revistadoregne/article/view/18430. Acesso em: 26 maio. 2024.