Susceptibility to desertification in a semiarid microregion of Brazil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2447-3359.2022v8n1ID21732

Resumo

O presente trabalho foi realizado com o objetivo de analisar a suscetibilidade à desertificação da microrregião de Ribeira do Pombal, Bahia. Atualmente a cobertura vegetal da microrregião compreende 35% de sua formação original com os maiores remanescentes de Caatinga localizados nos municípios de Itapicuru e Ribeira do Amparo. Pelo Índice Geral de Degradação Ambiental (IGD), a microrregião está em um nível razoavelmente alto de degradação, com maior IGD em Adustina e Paripiranga (0,21 <IGD <0,30). Em Antas, Cipó e Nova Soure com menores índices (IGD <0,10). Pelos Índices de Aridez (IA) e Incidência de Seca (IIS), pelos diferentes tipos e níveis de degradação ambiental, pela instabilidade térmica, pelas chuvas fracas e irregulares na microrregião da Ribeira do Pombal, mais de 90% da microrregião estar suscetível a moderada desertificação, especialmente os municípios de Ribeira do Pombal, Banzaê, Cícero Dantas, Novo Triunfo e Antas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

14-04-2022

Como Citar

CORREIA GAMA, D. .; FREITAS DE OLIVEIRA, F.; BATISTA DE JESUS, J.; DO NASCIMENTO JÚNIOR, . J. M. Susceptibility to desertification in a semiarid microregion of Brazil. Revista de Geociências do Nordeste, [S. l.], v. 8, n. 1, p. 160–174, 2022. DOI: 10.21680/2447-3359.2022v8n1ID21732. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revistadoregne/article/view/21732. Acesso em: 30 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos