Inversão 2-D de dados magnéticos e modelagem gravimétrica da zona de transição entre o domínio Pernambuco-Alagoas e a porção norte da Faixa Sergipana (NE, Brasil)

Resumo


Inversões magnéticas bi-dimensionais foram realizadas com o objetivo de obter informações sobre a susceptibilidade magnética, profundidade e volume de fontes magnéticas localizadas no embasamento adjacente à Bacia Sergipe-Alagoas, na zona de transição entre o domínio Pernambuco-Alagoas e a porção norte da Faixa Sergipana (Província Borborema, NE Brasil) e delinear suas geometrias. O processamento de dados magnéticos foi realizado para interpretar contatos geológicos, delimitações de bordas de fontes e mapear dobras e zonas de cisalhamento. Nos resultados das inversões magnéticas, uma fonte foi encontrada no domínio Rio Coruripe entre 9 e 21 km em profundidade, com uma susceptibilidade magnética de 0.0079 (SI), e outra no domínio Pernambuco-Alagoas entre 7.5 e 9 km em profundidade, com uma susceptibilidade magnética de 0.0077 (SI). A profundidade do embasamento foi obtida através de análises espectrais, cuja base foi encontrada em 37.7 km. Além disso, modelos gravimétricos foram criados com o objetivo de verificar a informação obtida pela inversão magnética e análise espectral, o que foi útil para compreender como essas fontes interferem na estrutura do embasamento e como afeta o seu modelo tectônico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Priscilla Alvarez, Universidade Federal da Bahia - UFBA

Doutoranda em Oceanografia/Geofísica pela Universidade do Estado do Rio do Janeiro (UERJ), com orientação da Profa. Dra. Natasha Stanton e bolsa financiada pela Equinor através do Projeto Campos, coordenado pela UFRJ, realizando estudos sobre a tectônica pré-sal da Bacia de Campos através de Métodos Potenciais e Interpretação Sísmica. Mestre em Geofísica Aplicada pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), com o tema de Sismoestratigrafia correlacionada à Modelagens Gravimétricas. Bacharel em Geofísica pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Possui também Especialização em Gestão de Recursos Hídricos. Ex-integrante do Grupo de Estratigrafia Teórica e Aplicada da UFBA (GETA), tem experiência em sismoestratigrafia, interpretação sísmica, estratigrafia de sequências, atributos sísmicos, interpretação de poço e amarração sísmica-poço, além de conhecimento dos softwares Kingdom Suite IHS, Seisee, Schlumberger Log Data Toolbox, entre outros. Possui experiência também na área de Métodos Potenciais e possui um bom conhecimento do software Oasis Montaj, da Geosoft, tendo trabalhado também com modelagem, processamento e inversão de dados potenciais. Trabalhou como aluna de Iniciação Científica com bolsa em Métodos Potenciais do Projeto Geoterm-SEAL. Foi monitora de Física Experimental II na UFBA por dois semestres. Ex-presidente do UFBA Student Chapter (Capítulo Estudantil de Geofísica da EAGE: www.ufbastudentchapter.com.br). Possui ensino médio (2º grau) e curso técnico pelo Instituto Federal da Bahia (IFBA). Possui completo domínio oral e escrita avançada em inglês.

Allana Costa Dutra, Universidade Federal da Bahia, Instituto de Física.

Graduada em Física pela Universidade Estadual de Santa Cruz em 2004, mestrado em Geofísica pela Universidade de São Paulo em 2006 e doutorado em Geofísica pela Universidade de São Paulo em 2011. Professora do Departamento de Física da Terra e Meio Ambiente do Instituto de Física na Universidade Federal da Bahia, desenvolve pesquisas envolvendo temas relacionados à Modelagem e Inversão de dados geofísicos, Métodos Potenciais, Método Magnetotelúrico e Estudo em Geotermia da Litosfera.

Publicado
22-07-2021
Como Citar
ALVAREZ, P.; DUTRA, A. C. Inversão 2-D de dados magnéticos e modelagem gravimétrica da zona de transição entre o domínio Pernambuco-Alagoas e a porção norte da Faixa Sergipana (NE, Brasil). Revista de Geociências do Nordeste, v. 7, n. 2, p. 11-23, 22 jul. 2021.
Seção
Artigos