Extração de informações cartográficas planimétricas pela transformação linear direta com emprego de imagem obtida por aeronave remotamente pilotada

Autores

Resumo

Tradicionalmente na Fotogrametria a extração de informações cartográficas tridimensionais envolve o uso de no mínimo duas imagens. O uso de uma imagem possibilita obter informações planimétricas, porém, dados de altimetria externos são necessários. A modelagem destas informações pode ser feita rigorosamente através das Equações de Colinearidade (CLN), que requer o uso de parâmetros de calibração da câmera e tratamento dos erros sistemáticos. Alternativamente, transformações generalizadas como a Direct Linear Transform (DLT) podem ser usadas. Neste trabalho apresenta-se um estudo que avaliou o desempenho da DLT e CLN na extração de informações cartográficas com o uso de uma imagem obtida por câmera de baixo custo acoplada a uma aeronave remotamente pilotada. Obteve-se valores máximos de discrepância planimétrica em torno de 0,80 m para ambas as modelagens. O RMSE das discrepâncias planimétricas foi de 0,53 m pelas CLN e 0,56 m pela DLT. A qualidade cartográfica (PEC-PCD) se enquadrou na Classe A pelas CLN e B pela DLT, na escala 1:10000. A DLT apresentou eficiência de 90% na obtenção de coordenadas em relação as CLN, tendo vantagens operacionais, além de não requerer parâmetros da câmera, o que amplia a possibilidade do emprego de equipamentos de baixo custo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

14-06-2022

Como Citar

EURIQUES, J. F.; MITISHITA, E. A.; RAZOTO, V. G. .; KRUEGER, C. P.; VEIGA, L. A. K. Extração de informações cartográficas planimétricas pela transformação linear direta com emprego de imagem obtida por aeronave remotamente pilotada. Revista de Geociências do Nordeste, [S. l.], v. 8, n. 1, p. 198–216, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revistadoregne/article/view/25675. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos