Áreas de risco a alagamento e inundação na foz do rio Cachoeira, em Ilhéus (Bahia – Brasil)

Flooding and inundation risk areas at the mouth of the Cachoeira River in Ilhéus (Bahia – Brazil)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2447-3359.2023v9n2ID32143

Resumo

Fenômenos hidrometereológicos têm sido cada vez mais recorrentes por conta do crescimento urbano, visto que este impermeabiliza o solo, intensifica o escoamento superficial e aumenta o acúmulo de água na superfície. Esse trabalho objetivou mapear as áreas de risco a inundações e alagamentos na foz do Rio Cachoeira em Ilhéus – BA, onde em seu entorno estão localizados vários bairros que são atingidos por esses fenômenos naturais frequentemente.  Para tal, realizou-se uma análise espacial multicritério pelo método Analytic Hierarchy Process (AHP), onde combinou-se covariáveis ambientais por Álgebra de mapas no software QGIS 3.26. O RStudio foi utilizado para elaborar gráficos. Foi possível identificar com os mapas e gráficos como cada covariável ambiental e suas respectivas classes estão distribuídas em cada classe de risco.  Os resultados apontaram que mais de 75% da área está sujeita a riscos Moderado, Alto e Muito Alto, e que a Área Urbana está altamente inserida em zonas de Risco Muito Alto, onde predominam relevo plano e manguezais. As informações geradas podem ser utilizadas pela Secretaria de Defesa Civil para nortear ações que minimizem os impactos negativos causados pelas inundações e alagamentos, como exemplo, planos de ocupação, recuperação da mata ciliar, obras de drenagem, dentre outras alternativas.

Palavras-chave: Análise Espacial; Análise Multicritério; Desastres naturais.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinícius de Amorim Silva, Universidade Federal do Sul da Bahia

Doutor em Geografia (2012) na área de análise ambiental e planejamento territorial, pelo Instituto de Geociências da Universidade Estadual de Campinas, (UNICAMP). Mestre em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente no ano de (2006), pela Universidade Estadual de Santa Cruz, (UESC). Licenciado em Geografia (2000), pela UESC. Especialização em Mídias na Educação: Ciclo Avançado (2012), pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Especialização em Ensino de Geografia (2002) pela UESC. Atualmente professor Associado, da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), no Campus Jorge Amado (CJA). Redistribuído da Universidade Federal Fluminense (UFF) do município de Campos dos Goytacazes no estado do Rio de Janeiro, para compor o quadro inicial docente da UFSB no CJA. Na Universidade Estadual da Bahia (UNEB) foi professor dos cursos de graduação: bacharelado em Engenharia Agronômica; licenciatura em Biologia e licenciatura em Geografia. Na UESC foi professor convidado do curso de Pedagogia. Enquanto na educação Básica foi professor efetivo do ensino médio da Secretaria de Educação e Cultura do Estado da Bahia. Foi professor efetivo do ensino fundamental II, modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), na Secretaria de Educação do município de Ilhéus - Bahia. Tem experiência na área de: Geoprocessamento; Sistemas de Informação Geográfica (SIG), Sensoriamento Remoto (SR); Geociências; Geografia Física; Ensino de Geociências; Ensino de Geografia; Cartografia Temática. Atuando principalmente nos seguintes temas: análise ambiental, manejo e conservação dos recursos naturais, planejamento e dinâmica territorial, uso, cobertura e ocupação da terra, uso e conservação do solo, gestão e conservação de recursos hídricos, modelagem hidrológica por meio do software: Soil and Water Assessment Tool (SWAT) acoplado à SIGs, análise e gestão de bacias hidrográficas, legislação ambiental, além de cultura, turismo e desenvolvimento regional.

Gerson dos Santos Lisboa, Universidade Federal de Goiás

Graduado em Engenharia Florestal pela Universidade Estadual do Centro Oeste, PR (2006), mestrado em Ciências Florestais pela Universidade Estadual do Centro Oeste, PR (2009), Especialização em Estatística e Modelagem Quantitativa pela Universidade Federal de Santa Maria (2014), Doutorado em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Santa Maria, RS (2014) e Especialização em Manejo Florestal de Precisão pela Universidade Federal do Paraná (2020). Experiência na área de Recursos Florestais e Engenharia Florestal, com ênfase em Manejo Florestal, Sensoriamento Remoto e Modelagem e Simulação Florestal. Atualmente sou Docente Magistério Superior na Universidade Federal de Goiás, na Faculdade de Ciência e Tecnologia. Membro Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Sustentabilidade da Universidade Federal do Sul da Bahia, onde atua nas áreas de Sensoriamento Remoto, Modelagem e Simulação Florestal, Crescimento e Produção Florestal e Estatística.

Marcelo Soares Teles Santos, Universidade Federal do Sul da Bahia

Marcelo Soares Teles Santos concluiu a Graduação em Engenharia de Agrimensura em 2003, pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), o Mestrado em Geofísica em 2005, pela Universidade de São Paulo (USP), e o Doutorado em Ciência e Engenharia de Petróleo em 2011, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), lotado no Centro de Formação em Tecnociências e Inovação (CFTCI) do Campus Jorge Amado, em Itabuna/BA. Desenvolve atividades de Ensino e Orientação Acadêmica nos Cursos de Graduação em Engenharia e nos Cursos de Pós-graduação em Biossistemas e Engenharia Ambiental Urbana. Desenvolve pesquisas com uso de técnicas de Geoprocessamento em mapeamentos de dinâmicas, vulnerabilidades e riscos em zonas costeiras. Realiza extensão e divulgação científica a partir da Capacitação Ambiental com uso de Práticas e Tecnologias da Sustentabilidade. Na gestão, foi Coordenador do Curso de Engenharia Ambiental e da Sustentabilidade da UFSB, Vice-Decano e atual Decano do CFTCI.

Sival Ribeiro de Sena, Universidade Federal da Bahia

Possui Licenciatura em geografia pela Universidade Federal da Bahia (2014) e Especialização em Geotecnologias, Soluções e Inteligência Geográfica pela Escola de Engenharia de Agrimensura. É Mestre em Geografia pela Universidade Federal da Bahia (2019-2021) e Doutorando do Programa de Biossistema da Universidade Federal do Sul da Bahia.

Publicado

21-08-2023

Como Citar

MARTINEZ TOLENTINO, G.; DE AMORIM SILVA, V. .; DOS SANTOS LISBOA, G. .; SOARES TELES SANTOS, M.; RIBEIRO DE SENA, S. Áreas de risco a alagamento e inundação na foz do rio Cachoeira, em Ilhéus (Bahia – Brasil): Flooding and inundation risk areas at the mouth of the Cachoeira River in Ilhéus (Bahia – Brazil). Revista de Geociências do Nordeste, [S. l.], v. 9, n. 2, p. 83–95, 2023. DOI: 10.21680/2447-3359.2023v9n2ID32143. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revistadoregne/article/view/32143. Acesso em: 23 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos