AVALIAÇÃO PÓS-OCUPAÇÃO DE EMPREENDIMENTO HABITACIONAL PARA IDOSOS

o caso do Cidade Madura

Autores

  • Viviane Azevêdo Universidade Federal de Campina Grande
  • Livia Miranda Universidade Federal de Campina Grande

DOI:

https://doi.org/10.21680/2448-296X.2022v7n2ID27276

Palavras-chave:

habitação de interesse social, idosos, avaliação pós-ocupação, programa cidade madura, políticas públicas

Resumo

O crescimento da população brasileira de idosos nos últimos anos evidencia a atual necessidade por políticas públicas capazes de atender essa nova demanda. Sob essa perspectiva a pesquisa objetivou avaliar o empreendimento habitacional de interesse social para idosos, denominado Cidade Madura, situado na cidade de Campina Grande-PB. O estudo foi desenvolvido a partir da correlação de três etapas: Análise da inserção urbana, Análise urbanística e arquitetônica e Análise das impressões dos moradores, focando nas adequações do desenho urbano e dos projetos urbanístico e arquitetônico às necessidades do usuário. Os resultados do trabalho indicam que apesar dos principais problemas identificados no empreendimento relacionados a inserção urbana, acessibilidade, desapropriação dos espaços coletivos, segregação socioespacial e etária, existe aprovação e satisfação pela maioria dos moradores com a moradia atual e com o programa Cidade Madura. Entre as razões para a boa avaliação do empreendimento se destacam: o acesso a moradia adequada, o baixo preço da mensalidade, ou em alguns casos a isenção dela, e a oportunidade de convívio com pessoas da mesma faixa etária. Conclui-se então, a necessidade da implementação de novas soluções e estratégias para que os futuros empreendimentos solucionem as falhas identificadas, ampliando a adequação do empreendimento e o nível de satisfação dos usuários. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARTIGO 19. Acesso à informação e direito à moradia adequada. Disponível em: http://ferramentas.artigo19.org/assets/archives/DUqaOL9ZXUofYP7Vyln5.pdf. Acesso em: 13 jun. 2021.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9050: Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. Rio de Janeiro, p. 162. 2015.

AZEVEDO, Ana Luiza Morais de. Fatores ambientais na promoção da qualidade de vida de idosos residentes no condomínio Cidade Madura. Dissertação (Mestrado em Psicologia da Saúde) – Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, 2019.

BRASIL. Lei n. 10.741, de 1º de outubro de 2003. Dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 3 out. 2003. Seção 1, p. 1.

COMENTTO - Calculadora amostral. Disponível em: https://comentto.com/calculadora-amostral/. Acesso em 18 nov. 2021.

COMPANHIA ESTADUAL DE HABITAÇÃO POPULAR - programa cidade madura. Disponível em: http://www.cehap.pb.gov.br/site/cidade-madura.html. Acesso em: 29 jul. 2018.

GIAQUINI, F; LINI, E. V; DORING, M. Prevalência de dificuldade de locomoção em idosos institucionalizados. Acta fisiátrica, v. 24, n. 1, p.1-6, mar. 2017.

IBGE- projeção da população brasileira e das unidades da Federação. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/apps/populacao/projecao/ . Acesso em: 27 mai. 2021.

KUNST, Marina Holanda. Avaliação da acessibilidade do idoso em conjuntos habitacionais: O caso do Cidade Madura. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Urbano) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2016.

LIMA, Emilia Correia. Apresentação Selo de Mérito 2015 - Cidade Madura - Cehap PB. Publicada em 8 de jul de 2015. Disponível em : https://pt.slideshare.net/associacaocohabs/emilia-correia-lima-cidade-madura. Acesso em: maio 2021.

PARAÍBA PB - Condomínio Cidade Madura. Disponível em: https://paraiba.pb.gov.br/diretas/secretaria-de-desenvolvimento-humano/programas/condominio-cidade-madura. Acesso em: 05 nov. 2021.

MIRANDA, L. (Coord). Relatório técnico: Empreendimentos habitacionais em espaços periféricos: desafios para o planejamento territorial integrado. Campina Grande: UFCG CNPQ, 2018.

ROLNIK, R. (Coord). Relatório técnico: Ferramentas para avaliação da inserção urbana dos empreendimentos do MCMV. São Paulo: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Universidade de São Paulo; Laboratório Espaço Público e Direito à Cidade (LabCidade), 2014.

Downloads

Publicado

27-05-2022

Como Citar

AZEVÊDO, V.; MIRANDA, L. AVALIAÇÃO PÓS-OCUPAÇÃO DE EMPREENDIMENTO HABITACIONAL PARA IDOSOS: o caso do Cidade Madura. Revista Projetar - Projeto e Percepção do Ambiente, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 137–144, 2022. DOI: 10.21680/2448-296X.2022v7n2ID27276. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revprojetar/article/view/27276. Acesso em: 13 ago. 2022.