Turismo cultural no espaço Mbanza a Koongo/Angola: oportunidades e desafios

Autores

  • Nsambu Vicente Instituto Superior Politécnico Atlântida

Palavras-chave:

Mbanza a Koongo, Patrimônio Histórico, Turismo Cultural, Sustentabilidade

Resumo

O presente artigo aponta algumas considerações que visam avaliar o desenvolvimento sustentável do turismo cultural no espaço Mbanza a Koongo, província do Zaire. O objetivo incide em apresentar breves linhas que possam vir a rentabilizar os bens materiais e imateriais do município de Mbanza a Koongo, lugar classificado Patrimônio Histórico da Humanidade em 2017. Para a escolha do tema, deteve-se duas razões fundamentais, a saber: (1) Mbanza a Koongo é a antiga capital do Estado Koongo e, com uma história de dimensão mundial; (2) É um sítio classificado Patrimônio Histórico da Humanidade desde o dia 8 de julho de 2017, mas que até agora apresenta muitas insuficiências no que concerne à sua divulgação. Em relação à estratégia de investigação, utilizamos a pesquisa bibliográfica e documental. Igualmente, fizemos uma investigação no terreno que incluiu três  viagens onde observamos e dialogamos com alguns atores sociais daquele espaço. Este aporte facilitou construir um conjunto de reflexões que pensamos vir ajudar a rentabilizar Mbanza a Koongo. Em relação aos resultados, constatamos que, embora o sítio seja patrimônio histórico da humanidade, os reflexos em sustentabilidade, até agora, não são visíveis no seio da população local.  Esperamos que este estudo traga contribuições que possam melhorar as insuficiências que o espaço apresenta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANGOLA. ANGOP. Queda de tronco da árvore Yala Nkuwu espanta autoridades tradicionais. Disponível em: https://m.portalangop.co.ao/angola/pt_pt/noticias/lazer-e-cultura/2018/11/50/Queda-tronco-arvore-Yala-Nkuwu-espanta-autoridades-tradicionais,02e1a2ff-e51b-4a9f-84ba-8ec7fc5a5fce.html. Acesso em: 1.nov.2019.

ASHWORTH, G. J., Tunbridge, J. E. “A Quem Pertence a Cidade Turística? Localizando o Global e Globalizando o Local cit”. Compêndio de Turismo. Lew, A., Hall, M., & Williams (trad. port. de «A Companion to tourism», ed. original em 2004) Lisboa: Instituto Piaget. 2004.

BATSÎKAMA, Patrício; Campelo, Álvaro. “A Catedral de São Salvador de Angola: História e Memória de um Lugar Mítico”. In Silo Tips. Disponível em: https://silo.tips/download/a-catedral-de-sao-salvador-de-angola-historia-e-memoria-de-um-lugar-mitico . Acesso em: 23 out.2021.

CHOAY, F. Alegoria do Património. 2ª ed.(trad. port. de «L'Allégorie du Patrimoine», ed. original em 1982). Lisboa: Edições 70. 2008.

CLUZEAU, C. O. Le Tourisme Culturel, 2ª ed. Paris: PUF.1998.

DOMINGOS, Ziva “Preservação e Valorização do Património Arqueológico Angolano no Contexto Nacional e Mundial: Caso do Sítio de Mbanza”. In: Revista Tecnologia e Ambiente. Dossiê IX Jornadas de Arqueologia Iberoamericana e I Jornada de Arqueologia Transatlântica, v. 19, n. 1. 2013.

FERREIRA, L. “Impactos do Turismo nos destinos turísticos”. In: Percursos & Ideias Revista Cientifica do ISCET . p. 105 - 114. 2009. Disponível em: https://www.iscet.pt/uploads/Revista%20Cient%C3%ADfica%20Percursos%20e%20Ideias/Revista2009.pdf . Acesso em: 25.nov.2021.

LARAIA, Roque de Barros. Cultura um conceito antropológico. Rio de Janeiro:Jorge Zahar.2003.

LEWIS, Thomas. The ancient kingdom of Kongo: Its presents position and possibilities. In Geographical Journal, Vol.19. Nº 05. (Maio, 1902).

MATEUS, Venceslau . “Mbanza Kongo, um potencial turístico-cultural adormecido”. In: ANGOP. Disponível em: https://www.angop.ao/angola/pt_pt/noticias/lazer-e-cultura/2019/6/28/Mbanza-Kongo-potencial-turistico-cultural-adormecido,d617978b-cfd4-414f-8b96-6812ab2626f7.html. Acesso em: 30.out.2019.

MAVINGA, João. A História de São Salvador do Congo. Disponível em: <http://cc3413.wordpress.com/2011/05/28/a-historia-de-sao-salvador-do-congo/>. Acesso em: 20. Out.2019.

MOUGEY, J. Quelques considérations générales sur tourisme et la culture cit in Culture,Tourisme et Développement Cluzeau, Claude et Tobelem. Jean-Michael Paris L'Harmattan. Paris: L'Harmattan. 2009.

RICHARDS, G. Cultural Tourism in Europe. Eletronic format by the Association for Tourism and Leisure Education. Disponível em www.atlas-euro.org .Acesso em: 24.out.2021.

SILVA, Kalina Vanderlei; SILVA,Maciel Henrique, Cultura. In: Dicionário de Conceitos Históricos, São Paulo: Editora Contexto. 2006.

VANSINA, J. How societies are born. Governance in West Central Africa before 1600, University of Virginia Press (1985), Oral Tradition as History.Madison: University of Wisconsin.2004.

VICENTE, Nsambu Toponímia de Luanda. Casos de Ingombota e da Mayanga, Luanda: Edições Tocoístas.2018.

Downloads

Publicado

08-12-2022

Como Citar

VICENTE, N. Turismo cultural no espaço Mbanza a Koongo/Angola: oportunidades e desafios. Turismo, Sociedade & Território, [S. l.], v. 4, n. 1, p. e29197, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revtursoter/article/view/29197. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos