“Amar la trama más que el desenlace!”: Reflexões sobre as proposições Trama Ecossistêmica da Ciência, Cartografia dos Saberes e Matrizes Rizomáticas, na pesquisa em Turismo

“Loving the weave more than the outcome!”: Reflections about the propositions Ecosystemic Weave of Science, Cartography of Knowledge and Rhizomatic Matrices, in Tourism Research

Autores

  • Maria Luiza Cardinale Baptista Professora e pesquisadora do Programa de Pós-graduação em Turismo e Hospitalidade e do Curso de Comunicação Social da Universidade de Caxias do Sul – UCS, Caxias do Sul/RS, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.21680/2357-8211.2020v8n1ID18989

Resumo

O texto tem caráter ensaístico, apresentando as proposições epistemológico-teórico-metodológicas Trama Ecossistêmica da Ciência, Cartografia dos Saberes e Matrizes Rizomáticas, considerando-as como pressupostos investigativos potentes, para Pesquisa em Turismo e suas transversalidades. Complementa-se com o relato de estudos realizados a partir desses pressupostos. Decorre de percursos de entrelaçamento com vários pesquisadores e processos de estudos empíricos, realizados em universidades do Brasil, já com forte vínculo com pesquisadores de, pelo menos, outros seis países. Em termos teóricos, trata-se de proposições transdisciplinares, alinhadas com pressupostos da ciência contemporânea ecossistêmica e complexa, englobando trilhas teóricas, desde a Epistemologia da Ciência (Santos, Maturana e Varela), o Cenário de Mutação da Ciência (Capra, Crema, Morin, Prigogine), estudos sobre a Metodologia da Ciência, construções e desconstruções (Morin, Rolnik, Lopes), Estudos Esquizoanalíticos e ligados às tecnologias (Guattari, Deleuze, Levy e Kerchove) o Turismo (Moesch, Beni, Baptista) e suas transversalidades. A estratégia metodológica corresponde à associação da Cartografia dos Saberes e Matrizes Rizomáticas, com aproximações e ações investigativas, vivenciadas em estudos próprios e de supervisão de pesquisas. O título, “Amar la trama más que el desenlace!” faz referência a uma canção de Jorge Drexler, sugerindo a importância dos entrelaçamentos dos saberes, nos diversos campos de enunciação. Nesse sentido, entende-se que Ciência, Arte e Saberes Comuns cotidianos são componentes de uma teia-trama, a ser conhecida, reconhecida e valorizada. As proposições apresentadas sinalizam para a relevância de investir nos vínculos de saberes, mais que nas separações, reconhecendo a potência dos microssinalizadores, que vão delineando inflexões dos caminhos da pesquisa.

Palavras-chave: Turismo. Trama Ecossistêmica. Cartografia Dos Saberes. Matrizes Rizomáticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30-04-2020

Como Citar

CARDINALE BAPTISTA, M. L. “Amar la trama más que el desenlace!”: Reflexões sobre as proposições Trama Ecossistêmica da Ciência, Cartografia dos Saberes e Matrizes Rizomáticas, na pesquisa em Turismo: “Loving the weave more than the outcome!”: Reflections about the propositions Ecosystemic Weave of Science, Cartography of Knowledge and Rhizomatic Matrices, in Tourism Research. Revista de Turismo Contemporâneo, [S. l.], v. 8, n. 1, p. 41–64, 2020. DOI: 10.21680/2357-8211.2020v8n1ID18989. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/turismocontemporaneo/article/view/18989. Acesso em: 29 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos